0 Shares 1096 Views

Entidades querem debater com Prefeitura regulamentação dos delivery em Curitiba

30 de agosto de 2019
1096 Views

Legislação do setor vai garantir segurança jurídica às empresas, física aos entregadores e alimentar aos consumidores

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) deflagou, nesta quarta-feira (28), a Operação “Cronos”, que desarticulou uma quadrilha que se fantasiava de entregadores de alimentos para praticar roubos em Curitiba. Ao todo, 11 foram presos, graças a falta de regulamentação específica dos delivery na capital, alertam entidades do setor de gastronomia e lazer. As informações são do Cabeza NEWS.

Os criminosos agiam como ‘falsos entregadores’ e escolhiam vítimas para roubar relógios de luxo. Os crimes aconteceram no Centro e em bairros nobres de Curitiba. Ao todo, foram cumpridos 38 mandados judiciais em Curitiba, Paranaguá e São Paulo e Taboão da Serra (SP) – 14 de prisão preventiva, um de prisão temporária e 23 de busca e apreensão.

A legislação envolvendo o serviço será discutida nos próximos dias, com a Prefeitura de Curitiba. O secretaria municipal de Governo, Luiz Fernando de Souza Jamur, confirmou esta semana o interesse em debater o tema, com o presidente da Associação de Bares e Casas Noturnas (Abrabar/SindiAbrabar), Fábio Aguayo.

“Solicitamos esta audiência com o secretário de Governo, para aprimorar a regulamentação da entrega de comidas”, ressaltou Aguayo. Na avaliação dele, a questão está ainda “muito solta” e precisa avançar em uma legislação.

Leia o restante do artigo no Cabeza NEWS

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.