por 19:26 Sem categoria

Empresários do setor portuário assinam carta de repúdio à TV Globo

Empresários do setor portuário assinam carta de repúdio à TV Globo

A Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa) recebeu nesta quinta-feira (9) uma carta assinada por representantes de 15 empresas do setor portuário, todas usuárias do Porto de Paranaguá. No documento, denominado “Carta de Descontentamento”, os empresários e os representantes da Associação dos Operadores do Corredor de Exportação se manifestam surpresos e indignados com o que chamam de “maneira parcial” como porto foi retratado em reportagem veiculada no dia 7 pelo Jornal Nacional, da Rede Globo.

“Mostrar filas de caminhões e dizer que nosso porto sofre com isso revela desconhecimento por parte desta emissora da realidade vivida em Paranaguá atualmente. Mostra, ainda, que não houve o cuidado necessário em verificar se as imagens de arquivo utilizadas na reportagem ainda correspondem com a atual situação”, diz um trecho do manifesto, que lembra que as filas fazem  parte do passado.

Entre os empresários que assinam a carta, estão representantes de terminais de médio e grande portes, que atuam na movimentação de granéis sólidos e viram na TV algo que, para eles, denegriu a imagem da cidade e do porto. “Houve uma inversão da realidade. Há dois anos não existem filas nas estradas de acesso ao porto de Paranaguá. Não há registro de que qualquer empresário tenha sofrido com atrasos ou perdas de cargas causados por filas, como foi dito”, destacam.

Com a adoção de um novo modelo logístico, reconhecem os empresários, o Porto de Paranaguá deu fim ao caos que se instalava nas rodovias de acesso ao porto em época de escoamento da safra agrícola. “Percebemos que a emissora insiste em confundir a opinião pública, gerando prejuízos a nós e a cidade de Paranaguá. Com reportagens como essa, é o Jornal Nacional que suja a imagem do Porto de Paranaguá no comércio exterior, porque nós, empresários e administração portuária, lutamos veementemente para manter o terminal como referência internacional, competitivo e reconhecido pela sua eficiência e qualidade nos serviços e produtos movimentados”.

Os empresários encerram a carta com um convite para que a equipe de reportagem do Jornal Nacional visite Paranaguá e o Porto para “daí sim retratar a realidade do porto e deixar definitivamente de lado estas imagens de arquivo que há dois anos já não fazem mais parte da realidade de Paranaguá”.

(Agência Estadual de Notícias)

Fechar