por 21:15 Sem categoria

Documentos secretos mostram que Bush paga jornalistas venezuelanos

Congresso dos EUA libera documentos secretos que mostram que Governo Bush faz pagamentos aos principais jornalistas venezuelanos.
 
Fernando Carvalho
EFF, Madrid

 
Eva Golinger, advogada estadonidense-venezuelana, pesquisadora sobre meios de comunicação em universidades americanas e que escreveu já dois livros sobre a intereferencia do Departamento de Estado na América Latina, revelou anteontem em entrevista coletiva em Caracas, mais de 200 páginas de documentos "desclassificados como secretos" pelo Congresso dos EUA, após cumprido o prazo legal estabelecido pela "Freedom of Information Act" , um a lei criada após o escândalo de Watergate.
 
Entre os documentos mostrados por Eva numa apresentação em "power point" está uma relação de pagamentos em dinheiro efetuados a alguns dos mais conhecidos e importantes jornalistas da Venezuela.
 
Além de dinheiro vivo na conta bancária, esses jornalistas e outros, aparecem recebendo recursos como tendo sido agraciados com mestrados, doutorados e cursos especiais através de um "programa de cooperação técnica" firmado pelo governo americano e os principais grupos de comunicação da Venezuela.
 
O total distribuido aos jornalistas é de mais de 50 milhões de dólares.
 
Devido a uma lei norte-americana que regula a concessão de mestrados e doutorados com recursos governamentais, alguns desses jornalistas venezuelanos precisaram ser literalmente registrados como funcionários do Governo dos Estado Unidos.
 
A relação, assinada por autoridades americanas, trás informações completas sobre o "conteúdo" e o ano da "realização" dos cursos.
 
Eva Gollinger chama atenção para a estranhíssima brevidade dos cursos e para a época em que teriam sido realizados, pois a maior parte deles coincide quase exatamente com o golpe de estado e com a greve geral que parou o país por mais de sessenta dias, épocas que para um jornalista, seria normalmente muito dificil ausentar-se do país para ir fazer um curso em Arkansas ou Massachussets, face à riqueza de fatos para serem reportados e analisados.
 
A entrevista completa está no Youtube, no site http://www.youtube.com/watch?v=oHxYkTIbS_o.
 
O video, com mais de 25 minutos, inclusive com as perguntas dos jornalistas que trabalham nos jornais e meios de informação participantes dos programas de intercâmbio e aperfeiçoamento firmados com o Departamento de Estado dos EUA e que estavam presentes à coletiva.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com