por 16:27 Sem categoria

Dila reforça valorização política da mulher no Paraná

Dila reforça valorização política da mulher no Paraná

A presidente Estadual do PSC Mulher (Partido Social Cristão) e coordenadora da região 14, Adilamar Kunzler, a Dila, participou, nesta semana, do programa Destaque, exibido pela Rede Massa de Televisão, em Foz do Iguaçu. Na entrevista, Dila destacou a atual filosofia partidária de valorização do trabalho social e político das mulheres no Paraná.

“Um dos principais objetivos do PSC Mulher é assessorar os programas sociais existentes e fazer com que seja divulgado esse trabalho. Muitas vezes, lá na Pastoral da Criança, por exemplo, ou em outros segmentos, temos mulheres com trabalhos maravilhosos, mas sem mídia ou divulgação nenhuma”, frisou. 

Para Dila, a falta de uma proposta específica dos partidos destinada as mulheres reflete diretamente nos processos eleitorais do País. “Aí quando chega época de eleição, a gente reclama por que 30% das mulheres não comparecem no pleito eleitoral. O que faltou, nessa hora. Faltou trabalharmos com aquela senhora que está em sua associação de bairro, na sua casa, trazer essa mulher. Não só os destaques na questão de trabalho social, mas buscarmos mulheres nos sindicatos, em todos os setores”, disse.

Conscientização – O processo de resgate partidário no estado, analisou Dila, deve nascer primeiro com a conscientização e valorização das próprias mulheres. “Esse valor, muitas vezes, precisa partir das mulheres. Não podemos esperar que o homem faça o convite, mas nós mesmas devemos convidar outras mulheres para participar da política e dos debates sociais”, salientou.

A presidente Estadual do PSC Mulher acredita que há um vasto campo de trabalho político-partidário dentro da legenda, visualizando o trabalho social das mulheres. “Eu acredito na capacidade de trabalho da mulher que tem um maior afinco com a área social”, destacou. 

Encontro Estadual – Uma das principais ações do partido para 2009, informou Dila, durante a entrevista, será a organização do Encontro Estadual do PSC Mulher, previsto para novembro, em Foz do Iguaçu.  A conferência deve reunir ao menos mil corregelionárias filiadas nos 270 municípios onde o PSC mantém filial no Paraná.

Dila adiantou ainda que um dos nomes cogitados para a palestra principal do encontro é a biofarmacêutica Maria da Penha. Maria lutou durante 20 anos para ver seu agressor condenado, tornando-se símbolo contra a violência doméstica. Ela intitula a Lei de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, sancionada pelo presidente Lula, com o nome de Lei Maria da Penha Maia. “A Maria da Penha é um exemplo de vida, uma mulher de destaque que pode transmitir suas vivências e experiências de vida durante o encontro”, concluiu.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com