Contagem regressiva: Foz do Iguaçu se prepara para se tornar também um grande destino de Natal 0 3

Destino Iguaçu vai ter a maior festa natalina de todos os tempos. É o Natal de Águas e Luzes, com conceito modular e 35 dias de decoração e muitas festividades.

A menos de um mês para o início da programação do Natal de Águas e Luzes 2021, em 1º de dezembro, Foz do Iguaçu se prepara para se tornar um grande destino turístico neste primeiro final de ano em que boa parte do planeta começa a superar a covid-19.

Além da iluminação cênica inédita da Ponte Internacional da Amizade, que integra o Brasil e Paraguai, um dos princípios do espírito de Natal, a cidade também terá decorações temáticas em diversos pontos, que prometem encantar e emocionar o público. A iniciativa é da Itaipu Binacional e prefeitura municipal, com gestão do Fundo Iguaçu. Todas as atrações serão gratuitas.

Os dez pontos de decoração e iluminação remeterão ao tema do Natal: Águas e Luzes. A ideia é que cada um traga um novo prisma da festa natalina, em um conceito que remete às Cataratas, principal cartão-postal da cidade, e à Itaipu, maior geradora de energia limpa e renovável do planeta. Houve também uma grande preocupação com a economia, na hora de escolher as decorações: todos os elementos terão tecnologia com baixo uso de energia.

O turista que chegar à cidade já será recepcionado por luzes e pelo tema da fauna local, seja na entrada da cidade (rotatória da Av. Costa e Silva) ou no trevo do Aeroporto. Nas ruas, arcos decorativos vão abrir caminho para a Parada de Natal, que trará a força das águas e da energia para o Centro de Foz, num emocionante desfile natalino.

A Avenida Brasil, maior “shopping a céu aberto” da cidade, ganhará uma decoração caprichada com presentes, com muitas luzes e laços. O Gramadão da Vila A se transformará em uma Floresta Encantada que abrigará a Vila do Papai Noel. E pode esperar: vai ter muito adulto querendo virar criança para curtir esse lugar mágico!

Haverá projeção mapeada em diferentes pontos da cidade, entre eles a Paróquia São João Batista (Igreja Matriz), em cujas paredes será contada a história do nascimento do Menino Jesus. No Terminal de Transporte Urbano, um espelho d’água será um dos pontos para fotografar e tirar selfies.

Uma iluminação especial também está sendo preparada para a Catedral Nossa Senhora de Guadalupe, na Vila A, o entorno do Gramadão e a entrada do Centro Executivo da Itaipu.

Para ver, ouvir e curtir
Além das atrações fixas, de 1º de dezembro de 2021 a 5 de janeiro de 2022 o Gramadão da Vila A e a Praça da Paz vão receber grandes espetáculos musicais. O mais esperado é o do cantor Daniel, astro da música pop sertaneja, no dia 19 de dezembro. No dia 22, um dos padres mais queridos do Brasil comanda a festa no Gramadão e, no dia 31, a banda Nega Fulô faz a festa da virada do ano. A programação está sendo elaborada pela Fundação Cultural.

A lista de atrações é longa e variada. Nos dias 1º e 2 de dezembro, a Cia Sorriso com Arte fará o espetáculo “Um encanto de Natal”; nos dias 4 e 5 a Banda Sinfônica do Exército se apresenta no Gramadão. O espetáculo de encerramento, no dia 23, será com a Cia Arte & Manhas.

A partir do dia 3 e até o dia 22 de dezembro, a população poderá acompanhar o show diário de acendimento das luzes de Natal, chamado “Encantamento”: será uma anunciação do sentimento da magia do Natal. Será no Gramadão e na Praça da Paz.

Grupos locais e regionais de cultura popular, dança, bandas e corais também se apresentarão nos dois palcos principais, mas a festa se espalhará pela cidade. “Teremos apresentações nos bairros e também na carreta-palco que vai circular pelos bairros”, explicou o diretor da Fundação Cultural de Foz do Iguaçu, Juca Rodrigues.

Renascimento

O Natal no Gramadão coincide com a reinauguração do espaço e a desaceleração da pandemia. Durante esse período, Itaipu ajudou muito a população. Primeiro, na saúde, financiando a criação da ala covid no Hospital Municipal Ministro Costa Cavalcanti e a testagem em massa com PCR, repassando recursos para entidades assistenciais e também apoiando o turismo, carro-chefe da economia local. Foram mais de R$ 85 milhões no combate à covid e pagamento de bolsas de estudo e capacitação para mais de 2 mil pessoas.

“É por isso que a população espera algo monumental, e é isso que vamos oferecer ao nosso povo e também aos turistas. Esse evento tem tudo para que o turismo volte ao seu esplendor. Foi por esse motivo também que fizemos questão de convidar a Banda Sinfônica do Exército para o marco dessa nova era, dentro também do nosso Natal de Águas e Luzes. Vai ser um marco para a banda e para a nossa gente”, disse o diretor-geral brasileiro da Itaipu, general João Francisco Ferreira.

O prefeito Chico Brasileiro compartilha dessa expectativa. “Enfrentamos um período muito difícil em razão da pandemia da covid-19 e o Natal de Águas e Luzes será quase como um ‘renascimento’ para Foz do Iguaçu. Queremos que este seja o mais espetacular final de ano para a cidade, com uma programação inesquecível”, afirmou.

Segundo Felipe Gonzalez, presidente do Visit Iguassu, o projeto do Natal de Águas e Luzes vem ao encontro dos anseios da população iguaçuense e do mercado turístico, que busca sempre opções diferenciadas para atender os visitantes e a comunidade local. “Nada mais justo e digno possibilitar à nossa população e aos nossos visitantes uma programação completa e cenários que representam as maiores felicidades da vida do ser humano.”

Enio Eidt, presidente do Fundo Iguaçu, completa: “Este Natal vem para integrar turistas e população local num grande palco de águas e luzes, refletindo e impactando para sempre o final de ano em Foz do Iguaçu”.

Em breve, você poderá conferir todas as atrações do Natal de Águas e Luzes 2021 no site http://www.natalaguaseluzes.com.br. Prepare-se: você vai se encantar!

Previous ArticleNext Article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais de 19 mil pessoas visitaram o Parque Nacional do Iguaçu durante o feriadão da Padroeira 0 1

Durante os quatro dias de feriadão da Padroeira, 9 a 12 de outubro, o Parque Nacional do Iguaçu recebeu 19.124 visitantes. 96% destes visitantes são brasileiros, que escolheram o destino de natureza mais querido nacionalmente, conforme pesquisas de tendência do setor turístico nacional e internacional.

O dia de maior visitação foi no domingo, 10 de outubro, quando 8.475 visitantes estiveram no parque. Lideram os estados com maior presença neste feriadão, o Paraná com 7.511 visitantes, seguido de São Paulo (3.774), Santa Catarina (1.932), Rio Grande do Sul (1.451), Mato Grosso do Sul (1.149), Minas Gerais (635), Rio de Janeiro (464), Distrito Federal (215), Bahia (157) e Acre (155).

O visitante Renato Guimarães foi um dos visitantes que saiu com as energias renovadas do parque, e externaliza o sentimento de realização ao conhecer o destino de natureza do Brasil. “É realmente uma maravilha da natureza, fiquei encantado com tudo. Organização desde a entrada do passeio até a saída, também a limpeza. Incrível!”

*Retorno gradual dos estrangeiros* – Turistas estrangeiros também visitaram o maior conjunto de quedas d’água do mundo. Ao todo, visitantes de 31 nacionalidades vivenciaram a experiência única. Depois dos brasileiros, na ordem, paraguaios, espanhóis, argentinos, colombianos, estadunidenses, peruanos, australianos, coreanos e alemães foram os mais representativos numericamente, durante o feriadão.

O colombiano Frank Kamargo aprovou a experiência de se conectar com a natureza das Cataratas do Iguaçu, no Parque Nacional do Iguaçu. “O parque é muito belo, muito imponente. As características geográficas o fazem único. A atenção e cordialidade dos funcionários são diferenciais. Maravilha que retornarei e recomendo.”

*Programe a visita* – Os ingressos para visitar as Cataratas do Iguaçu é vendido exclusivamente online (www.cataratasdoiguacu.com.br/ingressos), com agendamento de dia e horário para o passeio, e com programações especiais de atendimento, garantindo ainda mais proteção aos visitantes.

*Central de atendimento on-line (WhatsApp)* – O visitante que quiser receber dicas e informações sobre o Parque Nacional do Iguaçu poderá entrar em contato com a Central de Atendimento ao Visitante: +55 (45) 9137-3444 (wa.me/554591373444). Para receber fotografias e vídeos das Cataratas, entre na lista do Telegram: https://t.me/cataratasdoiguacu

_Créditos fotografia:_
Alexandre Soto e Henrique Britez – Foto Equipe @CataratasdoIguacu

*Informações e ingresso on-line*
www.cataratasdoiguacu.com.br
contato@catarataspni.com.br
(45) 3521-4400

*Rede sociais*
Instagram: instagram.com/cataratasdoiguacu/
Facebook: facebook.com/cataratasdoiguacu
Twitter: twitter.com/CataratasBrasil
Telegram: t.me/cataratasdoiguacu

Em ano de produtividade recorde, Itaipu atinge 50 milhões de MWh neste sábado (9) 0 1

Em ano de produtividade recorde, Itaipu atinge 50 milhões de MWh neste sábado (9)
Marca será alcançada entre 10h e 14h. A energia produzida é suficiente para abastecer o mundo por 19 horas.

Entre 10h e 14h deste sábado (9), a usina de Itaipu deve atingir a marca de 50 milhões de MWh gerados no ano de 2021. Esse volume de energia seria suficiente para abastecer o planeta Terra por 19 horas, o Brasil por um mês e sete dias e o Paraguai por dois anos e 11 meses. “Em ano de seca histórica, Itaipu está operando com eficiência máxima”, diz o diretor-geral brasileiro de Itaipu, general João Francisco Ferreira.

De acordo com ele, um fator relevante que contribuiu para esse valor de geração foi o alto índice de produtividade da Itaipu, que está sendo fundamental para a usina hidrelétrica enfrentar um ano de escassez hídrica.

O índice de produtividade média anual da Itaipu está, até o momento, em 1,0977 megawatt médio por metro cúbico por segundo (MWméd/m³/s), o melhor índice anual de todos os tempos. Em julho, a binacional tinha batido o recorde de produtividade mensal, com 1,1221 MWméd/m³/s.

Os índices elevados são possíveis graças ao empenho das equipes binacionais da Área Técnica, fazendo que Itaipu atenda aos requisitos energéticos dos dois países da forma mais eficiente possível, ao gerar energia no melhor ponto de operação das unidades geradoras, no qual o consumo de água é menor. Para que isso aconteça, é necessário que as máquinas estejam disponíveis para geração, o que demanda um trabalho coordenado entre as áreas de Operação e de Manutenção da usina.

Produtividade e produção: entenda a diferença

A produtividade é um índice calculado pela relação entre a quantidade de energia gerada e a vazão turbinada (o volume de água que passou pelas unidades geradoras, medido em metros cúbicos por segundo). É diferente da produção, que significa a quantidade absoluta de energia gerada em um determinado período de tempo (por exemplo, os 50 milhões de MWh produzidos desde o início do ano até agora).

Comparativos

A produção de 50 milhões de MWh é suficiente para abastecer:
– O mundo por 19 horas;
– O Brasil por 1 mês e 7 dias;
– A cidade de São Paulo por 1 ano e 10 meses;
– O Paraguai por 2 anos e 11 meses;
– O Estado do Paraná por 1 ano e 7 meses;
– A cidade de Foz do Iguaçu por 86 anos.

Most Popular Topics

Editor Picks

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com