por 10:30 Obras e infraestrutura

Concessões dos aeroportos paranaenses: Ministro da Infraestrutura está confiante para cronograma de 2020

Na sexta-feira (13), dia em que apresentou os resultados de 2019, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, divulgou também uma lista com 44 projetos de concessão à iniciativa privada que são prioritários para a pasta em 2020. Na relação estão quatro aeroportos do Paraná: Afonso Pena, em São José dos Pinhais; Bacacheri, em Curitiba, além dos terminais de Londrina e Foz do Iguaçu. As informações são de João Frey na Gazeta do Povo.

O processo de concessão dos aeroportos paranaenses começou em março de 2019. Em novembro, acabou o prazo para que as oito empresas e consórcios habilitados pelo Ministério da Infraestrutura entregassem estudos técnicos que subsidiarão a modelagem da concessão para expansão, exploração e manutenção dos aeroportos referentes aos blocos Sul, no qual estão inseridos os terminais paranaenses. Mesmo com o fim do prazo, o projeto segue na fase de estudos.

Os próximos passos são a realização de audiências públicas, a autorização pelo Tribunal de Contas da União, a publicação do edital de concessão, que está prevista para o 3º trimestre de 2020, a realização do leilão, programada para o 4º trimestre do ano que vem e, finalmente, a assinatura do contrato.

O ministro Tarcísio Gomes de Freitas, está confiante no cronograma de concessões.

“Eu tenho certeza que a gente vai ter um programa de concessão muito bem-sucedido também em 2020. Tenho percebido uma confiança muito consistente de que nosso programa de concessões vai dar certo, nosso programa de infraestrutura vai dar certo e, mais do que isso, o Brasil vai dar certo”, afirmou;

Obras
Além das concessões, o ministro também elencou obras públicas prioritárias para o setor de infraestrutura que serão realizadas em 2020. Nesse pacote estão previstas as obras na BR-163, nos trechos entre Cascavel e Marmelândia e Toledo a Marechal Cândido Rondon.

Os aeroportos do estado também devem ser contemplados com investimentos públicos. Estão elencadas como obras prioritárias a conclusão da construção de um novo terminal no aeroporto de Cascavel e melhorias no aeroporto de Foz do Iguaçu, que serão feitas antes da concessão à iniciativa privada.”

Fechar