por 13:03 Sobretudo

Como escolher o melhor plano de saúde para idoso em Santos

Na hora de escolher entre os planos de saúde para idosos em Santos é interessante buscar os que contam com diferenciais. Como cidade litorânea, Santos oferece algumas oportunidades específicas, que podem ser exploradas pelas operadoras em prol dos beneficiários.

Santos, SP 27/11/2019 –

Segundo pesquisa do IBGE, o número de idosos deve superar o de crianças e adolescentes no país nas próximas duas décadas. Em Santos, essa já é uma realidade bem próxima. Hoje, um em cada quatro santistas tem mais de 65 anos, o maior índice do Brasil. Com isso, ter um bom plano de saúde para idoso se torna indispensável frente a um sistema público com problemas crônicos.

A boa notícia é que as operadoras estão cada vez mais preparadas para atender a essa parcela da população. É possível encontrar planos de saúde para idoso em Santos com programas específicos para a terceira idade, além dos melhores profissionais e clínicas especializadas em geriatria.

 

O que analisar na hora de contratar o melhor plano

Na hora da escolha é interessante ficar atento a alguns critérios. O ideal é contratar um plano de saúde para idoso que realmente ofereça serviços relevantes para essa faixa etária.

Um dos principais benefícios dos planos de saúde para idosos em Santos são os programas de medicina preventiva.

“Pra essa faixa de idade, é muito importante ter um plano de saúde. Mesmo que o beneficiário não possua doenças pré-existentes, é bom começar com o acompanhamento médico para prevenir doenças que possam surgir. E para isso as operadoras de plano de saúde já estão atentas”, explica Cauã Araújo, proprietário da Corretor Online Seguros.

Na hora de escolher entre os planos de saúde para idosos em Santos é interessante buscar os que contam com diferenciais. Como cidade litorânea, Santos oferece algumas oportunidades específicas, que podem ser exploradas pelas operadoras em prol dos beneficiários.

“Hoje, por exemplo, é possível encontrar planos de saúde sênior com programas de prevenção de doenças para idosos, que incluem acompanhamento com um médico geriatra, portfólio de todas as consultas e exames que o paciente realiza e programas de atividades físicas, como o surf”, lembra Cauã Araujo.

Como fazer a escolha

Escolher um bom plano de saúde para idoso em Santos requer um pouquinho de planejamento. Uma dica é fazer uma lista de tudo o que espera e o quanto pode pagar por mês.

No entanto, é sempre bom lembrar que o preço é importante, mas não adianta economizar no valor da mensalidade se o contrato não cobrir suas necessidades reais.

Uma dica importante é buscar a ajuda de um corretor. Como profissional especializado que trabalha com várias operadoras, ele está a par das características de cada plano de saúde para idoso na sua região.

Assim, ele é a pessoa certa para indicar os planos que melhor se encaixam no perfil do beneficiário.

Veja o que levar em consideração a hora da escolha:

 

  • Rede credenciada

 

Um plano de saúde para idosos deve ter uma rede credenciada que atenda às principais demandas da terceira idade em geral e também suas necessidades específicas. Afinal, cada pessoa tem um histórico médico individualizado.

Por outro lado, a proximidade e a facilidade de acesso à rede também deve ser levada em conta. Analise a mobilidade não só para consultas e exames, mas também em caso de necessidade de uma ambulância ou assistência domiciliar de emergência.

 

  • Carências

 

As carências dos planos de saúde para idosos são as mesmas determinadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) para as demais modalidades.

Assim, é preciso aguardar prazos que variam de 30 a 180 dias para marcação de consultas, exames e internações.

Já os casos de urgência e emergência são atendidos após cumprida a carência de 24 horas de contratação, tendo as primeiras 12 horas asseguradas pelo plano de saúde.

Depois disso ou o beneficiário arca com os custos ou a operadora deverá garantir a transferência do beneficiário para o SUS.

É bom lembrar, no entanto, que esses são os prazos máximos definidos por lei, mas as operadoras são livres para reduzir ou mesmo zerar carências.

 

  • Carência para doenças ou lesões pré-existentes (DLP)

 

Em caso de doenças ou lesões pré-existentes (DLP), os planos de saúde para idosos também funcionam da mesma forma que os demais. É preciso ficar atento na hora da contratação para escolher uma das duas opções:

Pagar um valor adicional (agravo) para usar o plano de maneira integral tão logo todas as carências normais sejam cumpridas;

Cumprir carência parcial de 24 meses, nos quais alguns recursos não poderão ser utilizados, como cirurgias relacionadas à DLP, usar leitos de alta tecnologia ou passar por procedimentos de alta complexidade.

 

  • Portabilidade

 

Também é possível contratar um novo plano de saúde para idoso em Santos através da portabilidade.

Nesse caso o beneficiário pode trocar de plano ou de operadora, a qualquer momento, sem necessidade de cumprir um novo período de carência – desde que todas as carências do plano anterior já tenha sido cumprida.

Esse é um direito garantido por lei e não há análise de fatores como a idade ou doenças e lesões pré-existentes.

Expectativa de vida deve chegar aos 81 anos em 2060

O envelhecimento da população é um fenômeno mundial. No Brasil, a estimativa do IBGE é que a expectativa de vida, que hoje está em 76,2 anos, chegue aos 81 anos em 2060. Nessa época, segundo o instituto, 25% da população terá mais de 65 anos.

Para os especialistas, há dois motivos principais para o envelhecimento dos brasileiros: a redução da fecundidade por conta da imersão cada vez maior da mulher no mercado de trabalho e a melhora na qualidade de vida da população idosa.

Nesse aspecto, os planos de saúde para idosos tem grande parcela de responsabilidade. Hoje as operadoras têm consciência de que não basta oferecer tratamentos de qualidade, mas que a prevenção de males comuns à idade beneficia tanto a saúde da população quanto do próprio sistema de atendimento.

Segundo a pesquisa do IBGE, Santos é hoje a cidade brasileira com o maior número de idosos. Com isso, as principais operadoras locais começam a oferecer planos de saúde para idosos já para quem está entre 49 e 53 anos.

O foco na prevenção de problemas, palestras, atividades e facilidades especiais para este público garante mais qualidade no atendimento e resultados cada vez melhores.

Website: https://corretoronlineseguros.com.br/

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com