Escrito por 10:00 Assunto

Cibersegurança deve movimentar no Paraná em 2020

Compartilhe

No dia 5 de março uma das principais empresas de segurança cibernética do país vai inaugurar filial em Curitiba. Com 24 anos de estrada, a ISH chega ao Paraná com a expectativa de já faturar neste ano R$ 30 milhões com soluções de segurança da informação, detecção de ataques e monitoramento. O cenário complexo de segurança da informação ocupa hoje o topo das prioridades dos tomadores de decisão e a tendência é que ganhe cada vez mais independência da TI – Tecnologia da Informação, tanto em orçamentos quanto em gestão e liderança. A avaliação é do executivo com sólida formação em tecnologia, Allan Costa, que hoje é um dos sócios da ISH. As informações são do Bem Paraná.

“Em 2020, o mercado de cibersegurança no Brasil deve atingir R$ 8 bilhões, com um crescimento impulsionado principalmente por software e serviços, e o tema de segurança digital, deixa de ser uma preocupação da área de tecnologia para estar na pauta da alta gestão”, prevê o empresário.

Allan Costa, que também foi presidente da Celepar, diz que a inauguração na capital paranaense coloca o Paraná em um lugar privilegiado no que diz respeito às inovações que estão por vir. “E o objetivo vai além da oferta de serviços continuados. Queremos criar uma cultura de cibersegurança”, diz ele. Segundo Allan, o que ocorre é que, embora o cenário seja de crescente preocupação, o tema ainda é novo por aqui. “A ISH estar em Curitiba se conecta com a necessidade da economia paranaense de se adequar a essa nova realidade dos negócios na era digital, para continuar se expandindo e crescendo de maneira consistente”, destaca Costa.

O Brasil contabilizou em 2018 mais de R$ 80 bilhões em prejuízos causados por falhas em proteção. Somente em 2019, estima-se que as empresas do país tenham sofrido pelo menos 60 bilhões de tentativas de ataques virtuais. Dados assim colocam o Brasil em 2º lugar no ranking da Organização das Nações Unidas (ONU) dos países que tiveram mais prejuízos com ataques cibernéticos.

Close