Escrito por 12:26 Chico Brasileiro, Destaques, Economia

Chico Brasileiro, reeleito em Foz do Iguaçu, aposta em parcerias para acelerar retomada

Compartilhe

Na vitória mais apertada entre as grandes cidades do Paraná, Chico Brasileiro (PSD) foi reeleito prefeito de Foz do Iguaçu com apenas 2.657 votos a mais do que o adversário Paulo Mac Donald (Podemos). Paraibano, nascido na cidade de Piancó, o prefeito reeleito já foi vereador, vice-prefeito, secretário municipal e deputado estadual.

Para os próximos quatro anos, ele projeta a retomada econômica da cidade a partir de parcerias. “É hora de unirmos força com o governo do estado, com a Itaipu, que é uma grande parceira do município de Foz do Iguaçu, com os deputados estaduais, com os deputados federais, com o governo federal”, disse, em uma live após a confirmação do resultado da eleição. “Vamos articular um grande trabalho de buscar acelerar o desenvolvimento de Foz.”

Ele ressaltou que, por outro lado, manterá a atenção à saúde em meio à pandemia do novo coronavírus. “Não vamos descuidar da Covid-19 de forma alguma, ao contrário, vamos sempre orientar as pessoas, trabalhar intensamente com nosso sistema de saúde”, disse.

Dentista e ex-secretário municipal de saúde, o prefeito reeleito propõe para a próxima gestão criar o serviço de telemedicina nas unidades básicas de saúde, promover um mutirão de cirurgias eletivas no pós-pandemia, construir postos de saúde nas regiões do Bubas, 1º de maio, Parque Presidente e Jardim Alvorada, além de ampliar a unidade Lagoa Dourada.

Na educação, está em seu plano construir mais seis centros municipais de educação infantil (CMEIs), equipar as salas de aula com ferramentas tecnológicas, além de implantar o ensino trilíngue na rede pública do município.

Na área de segurança, pretende comprar 100 novas pistolas para a Guarda Municipal, ampliar totens nas praças da cidade, expandir o videomonitoramento e aprimorar a atuação da Patrulha Maria da Penha.

Chico Brasileiro quer ainda ampliar o programa de pavimentação de ruas de Foz, levando asfalto para todos os bairros, e de obras de drenagem contra alagamentos. Ele pretende ainda tirar o porto seco da região central de Foz do Iguaçu e utilizar o espaço para a construção do Centro Cívico. Outra proposta é um amplo programa de regularização fundiária que deve abranger cerca de 10 mil pessoas.”

Close