Written by 10:56 Economia

Mulher e negro ficam mais tempo desempregados

Estudo do Dieese mostra que as mulheres são 63,2% e os negros, 60,6%, dos que estão desempregados há mais de um ano. Segundo analistas, para quem está fora do mercado há tanto tempo, será mais difícil conseguir vaga agora, com a economia esfriando. A disparidade cresceu nos últimos anos.

Em 1999, negros e mulheres eram metade dos desempregados de longa duração. “A desigualdade aumenta quando as oportunidades chegam. É como uma escada, todos vão subir, mas homens e brancos primeiro” disse Lúcia Garcia, do Dieese, ao O Globo.

(Visited 3 times, 1 visits today)

Close