0 Shares 289 Views

Coluna de quarta, 29

29 de agosto de 2018
289 Views

Nas alturas
As despesas do Poder Judiciário tiveram aumento real, já descontada a inflação, de 4,4% em 2017 na comparação com 2016, atingindo R$ 90,8 bilhões, informa o relatório “Justiça em Números – 2018”, elaborado pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), divulgado nesta segunda (27). O aumento foi superior à inflação acumulada no ano passado, de 2,95% pelo IPCA, anota o Diário do Poder. Do total, 90,5% (R$ 82,2 bilhões) foram usados para cobrir gastos com recursos humanos. A rubrica benefícios consumiu R$ 5,6 bilhões (6,8%).

Reajuste
Neste mês, os ministros do STF aprovaram, para 2019, reajuste em seus salários de 16,38%. Se aprovada no Congresso, a proposta deverá desencadear aumento salarial para todas as categorias da magistratura.

Olho vivo
A versão 2018 do aplicativo Pardal, desenvolvido pela Justiça Eleitoral para uso gratuito em smartphones e tablets, já está disponível para download nas lojas virtuais Apple Store e Google Play. O blogueiro Fernando Tupan anota que a ferramenta possibilita aos eleitores denunciarem infrações durante as campanhas eleitorais, atuando como fiscais da eleição e importantes atores no combate à corrupção eleitoral.

Virtual
A eleição de 2018 será a primeira com uma legislação específica que prevê o que os candidatos podem fazer e o que ilegal fazer nas redes sociais. O uso do Facebook, Twitter, Instagram e outras redes sociais são permitidos nas campanhas.

Virtual II
Há, porém, limitações de práticas. O candidato pode, por exemplo, pagar para aumentar o alcance de postagens. É ilegal, porém, que um eleitor financie diretamente essas postagens. Elas só podem ser pagas pela candidatura e precisa estar registradas em prestações de contas.

Recurso de Lula
O ministro Edson Fachin, do STF, liberou segunda (27), para a pauta do plenário virtual, no colegiado com os 11 ministros, o recurso do ex-presidente Lula (PT) contra decisão que negou seu pedido de liberdade preventiva em abril. Segundo a Veja, o caso será julgado de 7 a 13 de setembro.

Em Curitiba
O presidenciável do PDT, Ciro Gomes, estará no próximo sábado (1º) em Curitiba. Ele participa, a partir das 9h, de uma caminhada no Calçadão da Rua XV de Novembro, no Centro de Curitiba. Na sequência encontra trabalhadores e líderes sindicais no Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, no Bairro Água Verde.

Nova direção
O PDT do Paraná tem novo presidente, após o ex-senador Osmar Dias renunciar da candidatura ao Governo do Estado e presidência do partido. Quem assumiu a função é André Menegotto, que terá na Executiva Nanci Andreola, como secretária adjunta. O ex-prefeito de Londrina, Barbosa Neto, é vogal.

Tou fora
O ex-deputado federal Ricardo Gomyde não conseguiu angariar recursos para sua candidatura pelo PSB. O partido vai priorizar aqueles que já têm mandato.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.