0 Shares 171 Views

Francisco Beltrão terá hospital regional, adianta Cida Borghetti

23 de fevereiro de 2018
171 Views
Francisco Beltrão terá hospital regional, adianta Cida Borghetti

A vice-governadora Cida Borghetti destacou nesta sexta-feira, 23, o repasse de R$ 22 milhões para a construção do Hospital Regional de Francisco Beltrão. Os recursos são do Ministério da Saúde que adiantou ainda mais R$ 900 mil aos municípios que integram a associação regional de saúde para ampliar os atendimentos de média e alta complexidade oferecidos pelo SUS.

“Dotar as cidades polos regionais de equipamentos como um hospital de porte melhora e qualifica a prestação dos serviços de saúde. Com o hospital, os moradores estarão atendidos com uma estrutura de saúde compatível para Francisco Beltrão e região”, disse Borghetti que participou, ao lado do ministro Ricardo Barros (Saúde), do encontro com prefeitos e gestores da região.

“O recurso já está disponível para empenho. Assinaremos um contrato com a Caixa Econômica e a cada medição da obra faremos o pagamento dos recursos. As emendas dos parlamentares e o apoio do governo federal que nos permite fazer essa gestão. São ações que abrangem todos os municípios do país”, disse Ricardo Barros.

Mais recursos – No encontro, Ricardo Barros anunciou mais R$ 900 mil para custeio de serviços ambulatoriais e hospitalares – consultas, exames especializados e cirurgias eletivas – para os municípios que fazem parte regional de Francisco Beltrão. Com o incremento financeiro, o objetivo é diminuir o tempo de espera e o tamanho da lista de pessoas que aguardam por algum procedimento eletivo, que são aqueles marcados, sem caráter de urgência e emergência, nos municípios do consórcio.

Os municípios do consórcio já foram contemplados com R$ 47,1 milhões para fortalecimento da saúde. Desse total, R$ 7,5 milhões foram para custeio de 36 serviços/leitos de média e alta complexidade que funcionavam sem a contrapartida federal. Outros R$ 2 milhões foram repassados, entre julho e dezembro de 2017, para fortalecimento da atenção básica, principal porta de entrada para o SUS.

Além disso, houve a habilitação de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) de Francisco Beltrão com custeio anual na ordem de R$ 2,1 milhões. Também foram liberados R$ 35,5 milhões referentes a 208 emendas parlamentares que tramitavam na pasta e aguardavam liberação desde 2014, contemplando todos os municípios da associação regional.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.