0 Shares 174 Views

Cidade não pode viver em guetos, diz Lerner

30 de janeiro de 2014
174 Views

jamei lerner minha casa minha vida curitba critica

Na entrevista a Band News, Jaime Lerner conversou com Néli Pereira e Bárbara Gancia, do programa Alta Frequência, e com outras praças da rádio no Rio e São Paulo. Lerner falou sobre cidades, copa do mundo, sistema de transporte. Instigado a responder sobre solução para os rolezinhos dos jovens, Lerner disse “a primeira coisa é oferecer uma cidade boa, uma cidade que eles possam usar, frequentar. Agora, a cidade de subúrbio, as pessoas vivendo cada vez mais longe, isso não é solução. Na verdade a cidade tem que ser uma mistura de funções, moradia, trabalho, mobilidade, não se pode separar a moradia do trabalho”, disse.

“E toda as vez isso acontece, a separação a população em guetos, os ricos atrás de muros cada vez mais altos, os guetos de gente muito pobre, ou separados por idade ou religião. Isso não e a cidade solidária, isso pode ser corrigido, mas quando se começa a construir cada vez mais longe – eu chamo esse programa Minha Casa, Minha Vida, Meu Fim de Mundo – não é a solução. A escolha da habitação como prioridade eu acho ótimo, mas é preciso saber como fazer. E isso a gente sempre fez em Curitiba , no Paraná, nunca criando guetos afastados, uma só faixa de renda. Isso não é bom para a cidade”, completou.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.