0 Shares 79 Views

Dilma vai adiantar ação do Brasil sem Miséria no Paraná, diz Zeca Dirceu

11 de julho de 2011
79 Views

O deputado federal Zeca Dirceu (PT-PR) acompanha a visita da presidenta Dilma Rousseff nesta terça-feira, 12, ao Paraná e adianta que o estado terá uma atenção especial do programa “Brasil Sem Miséria”. “O programa será de grande relevância para o setor agrícola do Paraná. Mais de 306 mil paranaenses vivem na extrema pobreza e deste, 128 mil estão na área rural”, disse.

A visita da presidenta, segundo Zeca Dirceu, é emblemática e maior do que o lançamento do Plano Safra da Agricultura Familiar que reserva R$ 16 bilhões no seu orçamento. “Um dos focos do Brasil Sem Miséria é a agricultura – o motor da economia de 89% dos municípios paranaenses”, disse.

“A agricultura familiar, por sua vez, emprega 86% dos trabalhadores do setor agropecuário do estado. Este segmento, composto por pequenos e médios produtores, tem como maior entrave a falta de infraestrutura”, compara Zeca Dirceu.

Ação – Como parte do programa, adianta Zeca Dirceu, o Ministério de Desenvolvimento Agrário vai entregar ainda neste semestre, 63 máquinas retroescavadeiras para agricultores de Cascavel, Guarapuava e Londrina. “As máquinas servirão para adequação das estradas rurais”, disse.

Outro investimento do programa no Estado, segundo o deputado, será a da regularização das terras dos pequenos produtores. “São 50 mil agricultores sem titulação, escritura e registro de suas propriedades em cartório. O MDA vai destinar R$ 2 milhões para regularizar essa situação no Paraná”, disse.

“Isso dará aos agricultores todas as condições para acessar as políticas de governo, principalmente no que diz respeito ao crédito e aos programas de compra e aquisição de alimentos”, completa Zeca Dirceu.

Apoio – Outra ação prevê a visita de agentes do programa às 33 mil famílias que vivem no campo em situação de extrema pobreza. Cada grupo de mil famílias de agricultores será orientado e acompanhado por uma equipe de 11 técnicos. “Uma linha de fomento de R$ 2,4 mil por família vai apoiar, ao longo de dois anos, a produção e a comercialização excedente dos alimentos. O pagamento será efetuado por meio do cartão do Bolsa Família”, disse.

“A ampliação do Plano de Aquisição de alimentos é mais uma medida eficaz do programa Brasil sem Miséria em favor dos agricultores do Paraná. O governo federal vai comprar a produção para doá-la à entidades assistenciais ou para a formação de estoques”, completa Zeca Dirceu.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.