0 Shares 100 Views

Coluna de quinta, 09

9 de agosto de 2018
100 Views

Vai, …
… que depois eu vou! A coluna já levantou e várias oportunidades a informação que ganhou as manchetes da imprensa estadual ontem (8). Apesar de o prazo para as convenções partidárias ter encerrado domingo (5), as candidaturas de fato poderão ser registradas até as 23h59 do dia 14.

Vai II
“Apesar do prazo para as convenções ter terminado no último domingo, partidos e coligações vem aproveitando brechas na legislação eleitoral para trocarem candidatos e mudarem a composição de suas chapas para a disputa deste ano no Paraná”, anotou o Bem Paraná.

Vai III
Em função destas mudanças, o Paraná terá 10 e não nove candidatos ao Governo do Estado. Já o número de candidatos ao Senado passou de 14 para 16. Já o deputado federal Fernando Francischini (PSL), desistiu da candidatura ao Senado aprovada na convenção e será substituído por Ana Barroso (PSL). Nos corredores da Assembleia Legislativa, dizem que ele deve disputar uma vaga de deputado estadual.

João Governador
A pré-candidatura do deputado federal João Arruda ao Governo do Estado pelo MDB é a primeira a ganhar um comitê de divulgação e promoção. O espaço, montado por simpatizantes e militantes da coligação que inclui PDT, SD e PCdoB, fica na Rua Joaquim Nabuco, no centro de São José dos Pinhais (foto), na região metropolitana de Curitiba. “Estamos aqui, agora é 15!”, diz um dos coordenadores do local.

Pedágio
A governadora e candidata à reeleição Cida Borghetti (PP) participou da terceira reunião pública de trabalho sobre o novo ciclo de concessões rodoviárias. No encontro, disse que mais obras e menos custo para os usuários das rodovias são os objetivos do novo modelo que será adotado no Paraná a partir de 2021. A reunião aconteceu em Ponta Grossa. Já foram feitas reuniões em Cascavel e Londrina.

Transparência
“Quando estive à frente da Secretaria do Desenvolvimento Urbano e do Paranacidade, implantei o compliance, que implementa transparência nos processos por meio de escritórios descentralizados”, disse o deputado Ratinho Júnior, pré-candidato ao PSD. O modelo foi tão bem-sucedido que, segundo ele até representantes do governo de Santa Catarina o procuraram para entender como funcionava.

De saída
A secretária estadual da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, encaminhou ontem (8) a carta de demissão do cargo a governadora Cida Borghetti. Na justificativa ela disse que “desafios aparecem todos os dias e exigem a nossa superação, pois nenhum reconhecimento é maior do que ver uma família emancipada, escrevendo uma nova história”.

Saída II
Fernanda ficou sete anos e seis meses a frente da pasta, agradeceu a governadora – “nos últimos 120 dias, tive a condição de finalizar minha gestão com muita responsabilidade e respeito pelos paranaenses”.

Castramóvel
Protetores animais de Arapongas e Apucarana se reúnem hoje (9), com o deputado federal Osmar Bertoldi. Na pauta o Castramóvel, veículo que oferece gratuitamente a castração de animais domésticos para famílias de baixa renda, e outros ações que envolvem a defesa da causa animal.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.