por 21:16 Ademar Traiano, Destaques, Política

Traiano cita Ulysses e diz ter ódio e nojo da ditadura

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ademar Traiano (PSDB), citou Ulysses Guimarães nesta terça-feira, 6, e disse que tem “ódio e nojo da ditadura”. Traiano se dirigiu ao deputado Ricardo Arruda (PSL) que negou que o país tenha passado pelo regime ditatorial por 20 anos – de 1964 a 1984.

No final da sessão, Traiano citou parte do discurso de Ulysses Guimarães (MDB), então presidente da Câmara de Deputados, na promulgação da Constituição de 1988. 

Ulysses, já falecido, disse na época. “A Constituição certamente não é perfeita. Ela própria o confessa ao admitir a reforma. Quanto a ela, discordar, sim. Divergir, sim. Descumprir, jamais. Afrontá-la, nunca”.

“Traidor da Constituição é traidor da Pátria. Conhecemos o caminho maldito. Rasgar a Constituição, trancar as portas do Parlamento, garrotear a liberdade, mandar os patriotas para a cadeia, o exílio e o cemitério”.

“Quando após tantos anos de lutas e sacrifícios promulgamos o Estatuto do Homem da Liberdade e da Democracia bradamos por imposição de sua honra”.

“Temos ódio à ditadura. Ódio e nojo”.

Esses são os trechos reverberados por Traiano.

Fechar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com