0 Shares 232 Views

Seminário do programa Investe Turismo em Foz terá participação do ministro Marcelo Álvaro

12 de junho de 2019
232 Views

 

O Ministério do Turismo, em parceria com o Sebrae e a Paraná Turismo, realiza na manhã desta quarta-feira (12), em Foz do Iguaçu (PR), o quarto seminário itinerante do programa Investe Turismo. O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, fará a abertura do evento. O governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior também confirmou presença no evento.

A iniciativa visa reunir atores públicos e privados envolvidos nos projetos de gestão integrada e qualificação da Rota Corredor do Iguaçu, identificando oportunidades de negócios, políticas públicas e outras ferramentas oferecidas pelo programa para potencializar o desenvolvimento da atividade turística local. A rota contempla, além de Foz, as cidades de Curitiba, Morretes e Paranaguá. Ao todo, 30 rotas turísticas estratégicas serão apoiadas pelo Investe Turismo em todo território nacional.

As rotas turísticas selecionadas receberão um pacote de ações organizadas em quatro linhas de trabalho que vão desde o fortalecimento da governança, por meio de uma agenda estratégica entre setor público e privado; a melhoria dos serviços e atrativos turísticos, com foco especial nas micro e pequenas empresas; marketing e apoio à comercialização, por meio de campanhas, produção de inteligência mercadológica e participação em eventos estratégicos; e a atração de investimentos e o apoio ao acesso a linhas de crédito e fontes de financiamento.

O secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, destaca que a cidade receberá apoio para campanha de marketing e participação em feiras nacionais e internacionais de promoção do destino e atração de investimentos.

“Esperamos que Foz do Iguaçu seja contemplado, pois somos um dos principais destinos de estrangeiros no Brasil. Precisamos reforçar divulgação da nossa imagem no exterior, sobretudo nos países com isenção do visto de entrada, como Estados Unidos, Canadá, Austrália e Japão”, afirma Piolla.

A ideia é que os destinos a receberem investimentos do Investe Turismo aumentem a qualidade da oferta turística, além, é claro, de propiciar um agenda de desenvolvimento turístico com geração de novos negócios e empregos.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.