0 Shares 320 Views

Coluna Boca Maldita de sexta, 18

18 de maio de 2018
320 Views
PT e MDB já caminham junto em oito estados

Plano B
Enquanto senadores e deputados federais do PT divulgam carta e dão declarações reafirmando a candidatura do ex-presidente Lula à sucessão de Michel Temer, nos bastidores um grupo trabalha forte para um plano B. A solução da vez é a disposição do senador Roberto Requião, em disputar a condição de candidato do MDB à presidência da República. Para isto, Requião terá que vencer na convenção o ex-ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o preferido de Temer e da cúpula nacional emedebista.

Em Foz
O ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro, lança nesta sexta (18), o edital para execução do acesso à segunda ponte entre Brasil e Paraguai, na região de Foz do Iguaçu. O ato, a partir das 8h30 no Hotel Mabu, terá presença da governadora Cida Borghetti e do prefeito Chico Brasileiro.

Adiada
A primeira pesquisa incluindo candidatos ao Senado no Paraná, prevista para ser divulgada ontem (17), acabou adiada pela Justiça Eleitoral. Contratado pelo Paraná Portal, o Instituto Radar não conseguiu resolver problemas com parte da documentação que levou ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). A enquete seria a segunda registrada, com candidatos ao governo do Estado.

No trecho
O ex-senador Osmar Dias, pré-candidato ao PDT ao governo do Estado, volta ao trecho no final de semana. Nesta sexta, às 14h, participa de reunião com prefeitos e lideranças do Cantuquiriguaçu, em Virmond. Ainda hoje, estará em Foz do Iguaçu, às 19h, para reunião com prefeitos e lideranças da região. Amanhã (19), Osmar vai à Cascavel para participar, às 14h, de encontro do PPL do Paraná.

Mais um
Mais um ex-secretário da administração Alexandre Kireeff, em Londrina, está em situação complicada na Justiça. Segundo a Rádio Paiquerê, o Ministério Público Estadual acusa Walmir da Silva Matos (Obras), de improbidade administrativa por favorecer a empresa de um amigo em uma licitação.

Negado
O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) rejeitou ontem o último recurso do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu contra a condenação a 30 anos e nove meses de prisão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, no âmbito da Operação Lava Jato. Agora, o juiz Sérgio Moro poderá determinar a volta de Dirceu para a prisão em Curitiba.

Recebeu
Adianta Hugo Marques, na Veja, que após dois anos e seis meses de investigação, a Polícia Federal concluiu que a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann, se beneficiou de dinheiro desviado em contratos do Ministério do Planejamento, que era ocupado por seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo. A revista teve acesso ao relatório final do inquérito, que tramita sob segredo de justiça no Supremo Tribunal Federal.

Reinvestidos
“A força do nosso estado vem do trabalhador e do empresário que são os que geram a riqueza. Não existe dinheiro público, o que existe são recursos dos nossos impostos que devem ser reinvestidos na melhoria da qualidade de vida dos paranaenses”, do deputado estadual e pré-candidato do PSD ao Governo do Estado, Ratinho Junior, ao participar do “Por um Paraná ainda melhor”, em Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.