0 Shares 298 Views

Justiça manda Ricardo Arruda retirar do ar vídeo em que ataca Gleisi

20 de março de 2018
298 Views
Justiça manda Ricardo Arruda retirar do ar vídeo em que ataca Gleisi

O desembargador Carvilio da Silveira Filho, do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), acatou um pedido da senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e por meio de medida cautelar determinou que o deputado Missionário Ricardo Arruda (PEN) retire do ar um vídeo, publicado em sua página do Facebook, considerado ofensivo à senadora e presidente nacional do PT. A partir do momento em que receber a notificação judicial, expedida na última sexta-feira (16), o deputado terá 24 horas para cumprir a determinação. As informações são de Narley Resende no Bem Paraná.

No vídeo, Arruda usa expressões como “partido criminoso”, “são mentirosos, bandidos e vagabundos”. Na decisão, o desembargador afirma que há “o perigo de dano à honra” da senadora, presidente da legenda, “sobretudo em razão de ter sido veiculado em rede social de grande alcance nacional”.

Ricardo Arruda responde nesse caso por crime de injúria e o processo tramita em órgão especial do TJ sob o número 006185-09.2018.8.16.0000. Sua consulta é pública.

Gleisi afirmou que “é preciso dar um basta nessa cultura de agressão, caluniosa e difamatória, que extrapola a liberdade de expressão. Em se tratando de parlamentar, esse comportamento de caráter misógino se beneficia ainda da imunidade conferida pelas instituições democráticas para destilar ofensas e ferir o decoro. Não podemos nos calar diante de situações assim”, disse a senadora.

Quando Gleisi moveu a ação, na semana passada, Ricardo Arruda reclamou da reação. “A senadora não aguentou ouvir a verdade e agora vem me processar”, escreveu no Facebook. Até a tarde desta segunda-feira (19) o vídeo ainda estava na página do deputado.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.