0 Shares 174 Views

Reforma da previdência é consenso entre os Estados

23 de novembro de 2017
174 Views

A importância da reforma da previdência e os seus impactos nos cofres públicos foram discutidos numa reunião do presidente  com governadores no fim da manhã desta quarta-feira (22) no Palácio Alvorada, em Brasília. A vice-governadora Cida Borghetti participou do encontro em nome do Governo do Paraná, que teve a presença de representantes de 17 Estados.

Segundo a vice-governadora, a expectativa do Governo Federal é colocar o projeto da reforma da previdência em votação no Congresso Nacional ainda neste ano. “O presidente, de uma forma muito democrática, pediu o apoio dos governadores e de suas bancadas para aprovação. Ficou muito claro esse consenso de que é extremamente importante para o Brasil a reforma ser aprovada o mais rápido possível”, afirmou.

Cida Borghetti disse que a reforma da previdência é uma necessidade urgente do País e defendeu o amplo diálogo sobre a proposta. “É uma questão que precisa ser revolvida. Há um consenso entre todos os governos da importância da aprovação desta matéria”, disse. Segundo ela, a medida contribui para recuperar a capacidade de investimentos de Estados e municípios.

A vice-governadora relatou as medidas de ajuste fiscal que ajudam o Governo do Paraná a atravessar a crise com equilíbrio fiscal, mantendo compromissos em dia e investindo, mas ressaltou que todos as instâncias de governo devem estar atentas à crescente despesa previdenciária que afeta as contas do setor público como um todo.

O relator da reforma, deputado Arthur Maia, fez uma apresentação dos principais pontos do texto ao presidente Temer e aos governadores e vice-governadores. Os ministros da Fazenda, Henrique Meirelles, e do Trabalho, Ronaldo Nogueira também participaram da reunião.

IDENTIDADE – A pedido do governador Beto Richa, a vice-governadora Cida Borghetti solicitou ao presidente Michel Temer e aos governadores a criação de um grupo de trabalho entre os Estados para acelerar na criação do Documento Nacional de Identificação (DNI), que unifica RG e CPF em um único número.

Na semana passada o Governo do Paraná e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) assinaram um convênio para integrar suas bases de dados biográficos e biométricos para validação de identificação dos cidadãos e emissão de carteiras de identidade.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.