0 Shares 245 Views

Curitiba vai ser a sede do maior Congresso das Américas do setor do saneamento

10 de outubro de 2017
245 Views

O encerramento do Congresso da Abes (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária) e da Fenasan (Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente) realizado na última semana foi marcado pela escolha da cidade que será a sede do evento em 2021. O congresso acontece a cada dois anos e, em 2019, será realizado na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. Curitiba foi a cidade escolhida para sediar o evento do ano de 2021. Porto Alegre foi a concorrente da capital paranaense. Será a terceira vez que o Paraná recebe o Congresso da Abes: Curitiba foi sede em 1965 e Foz do Iguaçu em 1997.

O Congresso da Abes/ Fenasan é o maior evento de saneamento ambiental das Américas. Na edição de 2017, o evento teve a participação de 4.000 congressistas e reuniu 1.160 trabalhos técnicos. Foram 49 painéis que abordaram temas de interesse para os profissionais do setor. A Fenasan contou ainda com a participação de expositores de 25 países e de todos os estados brasileiros.

Nesta edição do Congresso foi elaborada a Carta dos Sanitaristas, entregue para o Ministro das Cidades, Bruno Araújo. A carta aborda questões prioritárias do setor do saneamento no Brasil. Durante o evento também foi lançado o Ranking ABES da Universalização do Saneamento. O ranking foi baseado nos dados do SNIS (Sistema Nacional de Informações em Saneamento) e avaliou os indicadores de 231 municípios com mais de 100 mil habitantes. O estudo enquadra as cidades em três categorias: rumo à universalização, compromisso com a universalização e primeiros passos para a universalização. Apenas 6% dos municípios avaliados estão na categoria “Rumo a Universalização”. Duas cidades atendidas pela Sanepar estão nesta categoria, Curitiba e Maringá.

O Congresso também promoveu o envolvimento de lideranças políticas brasileiras como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, o Ministro das Cidades, Bruno Araújo, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, além de senadores, secretários e gestores de companhias de saneamento de todos os estados brasileiros.

“Eventos deste porte promovem o desenvolvimento do setor do saneamento no Brasil. Tenho certeza que a cidade de Curitiba vai receber o Congresso com muita hospitalidade por entender a necessidade da discussão e evolução de um setor que é essencial para a melhoria da qualidade de vida da população”, afirmou o presidente da Companhia paranaense, Mounir Chaowiche.

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.