0 Shares 164 Views

Adolescente que atirou e matou segurança em Curitiba tinha em casa materiais de contrabando e pirataria

28 de setembro de 2014
164 Views

adolescente

da Banda B

O adolescente que atirou e matou um segurança do Rancho Brasil na madrugada deste domingo (28), na Avenida das Torres, em Curitiba, tinha materiais ilícitos e de contrabando dentro de casa. A Polícia Militar (PM) apreendeu 730 cds e dvds piratas e 478 fardos de cigarros contrabandeados que estavam no quarto do menino, que mora na Vila Reno, no bairro Uberaba. O garoto de 17 anos se envolveu em uma briga com a namorada, inicialmente identificada apenas como amiga, e atirou contra dois seguranças da casa. Um deles morreu no hospital e o outro continua em estado gravíssimo.

Testemunhas e amigos do casal afirmaram que os seguranças interviram na briga quando o adolescente agrediu a namorada com um soco no rosto, próximo ao carro dele. Os disparos foram efetuados de dentro o carro e os seguranças tentaram se defender dos tiros. De acordo com policiais militares, durante a confusão, a placa do veículo Fox, que o adolescente dirigia, foi anotada por outros funcionários da casa. Com o endereço do adolescente, a polícia foi até o local e encontrou os cds, dvds e cigarros. Além disso, uma quantia de R$ 4 mil em dinheiro foi apreendida. O garoto não estava no local.

Pouco depois, a viatura da PM conseguiu localizá-lo na BR-277 e iniciou uma perseguição. O adolescente perdeu o controle do veículo que estava e capotou em uma alça de acesso. Diferente do que teria dito no local, o casal teve ferimentos e foi levado a hospitais de Curitiba, mas sem gravidade.

Com ele, a polícia encontrou uma identidade falsa. Para frequentar baladas e casas noturnas, o adolescente adulterou o documento de identidade. Na carteira do RG, a data de nascimento era do dia 03 de janeiro de 1994, assim com 20 anos completos. Ele recebeu atendimento médico e foi encaminhado diretamente para a Delegacia do Adolescente.

“Ele já tinha antecedentes de atos infracionais por contrabando e tentativa de homicídio. Está apreendido nesse momento e todos os envolvidos serão ouvidos para apurar os fatos”, disse a delegada Paula Brizola à Banda B.

AQUI para ler o restante do artigo

Mais notícias para você:



Deixe um comentário

Your email address will not be published.