0 Shares 100 Views

Justiça acata ação contra prefeito de Londrina Barbosa Neto por improbidade

24 de maio de 2011
100 Views

Foi acatada pelo juiz Bruno Pegoraro, da 1.ª Vara Cível de Londrina, a ação civil pública por improbidade administrativa contra o prefeito Barbosa Neto (PDT), dois secretários e uma publicitária. A ação foi proposta em outubro do ano passado pela Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Londrina.

O Ministério Público questiona um aditivo de contrato de cerca de R$ 20 mil para incluir a divulgação de quatro eventos que fizeram parte da programação do aniversário de Londrina em 2009. A Intervox foi a empresa contratada para fazer o serviço. As irregularidades apontadas pelo MP são a dispensa de licitação e erros no aditivo.

Além do prefeito de Londrina, foram citados na ação o secretário de Comunicação, José Otávio Ereno, o secretário de Gestão Pública, Marco Cito e a publicitária Renata Cristina Manttovani, proprietária da Intervox.

Mais uma ação

A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público em Londrina, também entrou no início do mês de maio com uma ação judicial contra Barbosa Neto (PDT). A promotoria denunciou o prefeito por improbidade administrativa por ter colocado vigilantes de uma empresa de segurança privada contratada pela prefeitura de Londrina para fazer o serviço na emissora de rádio Brasil Sul, que pertence à família dele.

(De O Estado do Paraná, com informações da rádio CBN Londrina)

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.