Page 2 of 3206

Charge do dia

Charge do dia

Doleiro ligado a Cunha é preso pela PF em operação que mira também JBS – Friboi

funaro-cunha

A Polícia Federal deflagrou mais uma etapa da Operação Lava Jato na manhã desta sexta-feira (1º). Um dos alvos da ação é a empresa JBS, dona da Friboi. As informações são da Folha de S. Paulo.

A operação foi autorizada pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavaski, relator da Lava Jato, e tem como base a delação do ex-vice-presidente da Caixa Fábio Cleto, aliado do deputado Eduardo Cunha. A PF cumpre mandados em São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Brasília. As informações são da Folha de S.Paulo.

Foi preso o corretor Lúcio Bolonha Funaro, também aliado de Cunha e que vinha tentando negociar um acordo de delação com a PGR (Procuradoria-geral da República).

Há suspeitas de que a JBS tenha pago propina, por meio de Funaro, para obter recursos do fundo de investimentos do FGTS, liberados por influência de Cleto. Continue lendo

Coluna Boca Maldita desta sexta, 01

Coluna Boca Maldita desta sexta, 01

Sciarra em Foz
O presidente estadual do PSD, o ex-deputado federal Eduardo Sciarra, estará amanhã (sábado, 02) em Foz do Iguaçu. Ele participa da reunião de apresentação das “propostas para o futuro de Foz” e do lançamento da pré-candidatura dos vereadores do partido. O ato, às 15h30 no Recanto Park Hotel (Avenida Costa e Silva, 3500), terá presença do deputado Chico Brasileiro e do presidente do diretório municipal, Wanderley Teixeira.

Sciarra em Cascavel
Antes de seguir para Foz, Sciarra participa hoje (1º), em Cascavel, do lançamento da pré-candidatura de Jorge Lange a prefeito do município. O evento começa às 17h na sede da AJC (Associação dos Jornalistas de Cascavel), na Rua Jequitibá, 560 – Bairro Recanto Tropical. Confirmadas presenças do deputado federal Evandro Roman e do presidente do diretório local do PSD, Ricardo Mion.

Recurso de Cunha
Osmar Serraglio (PMDB-PR), presidente da CCJ, convocou para quarta (06), a sessão que vai apreciar o recurso do presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) sobre o pedido de cassação aprovado pela Comissão de Ética. O relator Ronaldo Fonseca (Pros-DF) entrega o parecer na terça (05). O prazo vencia nesta hoje (1º de julho) e foi estendido a pedido de Fonseca em razão do volume do processo que já tem 300 páginas.

Norte Pioneiro
A deputada Claudia Pereira (PSC) protocolou esta semana na Assembleia Legislativa o projeto de lei 320/2016, que institui a “Região Turística Norte Pioneiro”. A intenção, segundo ela, é enaltecer e potencializar o turismo nos municípios de abrangência: Bandeirantes, Cambará, Carlópolis, Cornélio Procópio, Ibaiti, Jacarezinho, Nova Fátima, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos e Tomazina.

Turismo II
“É importante destacar que a região faz parte da Portaria nº 313, de 03 de dezembro de 2013, que definiu o Mapa do Turismo Brasileiro”, destacou Claudia. “Agora o projeto de lei tramitará nas comissões e depois seguirá para o plenário”, concluiu. A deputada é autora de outros projetos com o mesmo tema, entre eles o que consolida a região turística do Lago Itaipu.

Segurança fronteiriça
O ministro José Serra (Relações Exteriores) resolveu criar no Itamaraty um novo departamento – de Assuntos de Defesa e Segurança. De acordo com Lauro Jardim, de O Globo, a estrutura vai focar na segurança em áreas de fronteira ou, mais precisamente, no combate aos ilícitos transnacionais, à corrupção, ao tráfico de armas e drogas, ao terrorismo e ao crime organizado.

Scarpari
O PMDB de Laranjeiras do Sul definiu ontem, após pesquisa de consumo interno, que o pré-candidato a prefeito do partido Valdemir Scarpari. Pelo andar da carruagem, ele deverá enfrentar no pleito seu ex-chefe, o ex-prefeito Berto Silva.

Segurança comunitária
Criar instrumentos para implantar uma segurança comunitária e reduzir a violência no Paraná. É o que propõe o deputado Paranhos (PSC), no projeto nº 683/2015, que institui a Política de Estado de Segurança Comunitária. A proposta foi aprovada em primeira discussão.

Gaeco investiga Mac Donald por participação em suposta quadrilha do transporte coletivo

mac-donaldDo Correspondente em Foz

A operação Riquixá II, desencadeada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deverá jogar luz no contrato de transporte coletivo urbano, em Foz do Iguaçu e o suposto envolvimento do ex-prefeito Paulo Mac Donald Ghisi (PDT). O esquema, apontam as investigações, é responsável por retirar quase meio milhão de reais por mês do bolso da população.

A operação está concentrada em Guarapuava e outras quatro cidades paranaenses, além dos estados de Santa Catarina, São Paulo e o Distrito Federal. Na manhã de quarta-feira (29 de  junho), o Gaeco invadiu a casa de Mac Donald que foi conduzido coercitivamente, juntamente com empresários integrantes do Consorcio Sorriso.

Documentos, computadores e telefones foram apreendidos pelos agentes. O vereador e sindicalista Dilto Vitorassi (PV) lembra que denunciou por diversas vezes uma possível fraude e o que classifica de “perversidade com usuários e trabalhadores do setor”, durante a licitação. Continue lendo

‘Ney Leprevost é o mais preparado e o único que conversa com moradores de Curitiba’, afirma Bruno Pessuti

'Ney Leprevost é o mais preparado e o único que conversa com moradores de Curitiba', diz Bruno Pessuti

O deputado Ney Leprevost (PSD) é o mais preparado para assumir a prefeitura porque é o único que está percorrendo os 75 bairros e conversando com os moradores de Curitiba. “E está ouvindo a população para buscar os subsídios necessários para preparar seu plano de gestão”, afirma o vereador Bruno Pessuti (PSD), que acompanhou o pré-candidato a prefeito nas reuniões das 10 regionais da capital paranaense.

Para Bruno Pessuti, Ney Leprevost é experiente, preparado e já está em seu terceiro mandato de deputado, depois de um mandato exemplar na Câmara de Vereadores. “Então ele está realmente preparado para fazer Curitiba voltar a sorrir, andar para a frente sem parar”, afirma.

Na avaliação de Pessuti, o PSD não é apenas o partido mais preparado para assumir a prefeitura de Curitiba, “mas também para, em 2018, tem condições de assumir o Estado”, disse. De acordo com o vereador, pré-candidato a reeleição, a cidade tem enfrentado muitos problemas da falta de segurança e também da infraestrutura urbana. Continue lendo

“República de Curitiba” reage à soltura do marido de Gleisi Hoffmann lançando a “Operação Lava Toga”

“República de Curitiba” reage à soltura do marido de Gleisi Hoffmann lançando a “Operação Lava Toga”

Ucho Haddad

A decisão do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), de soltar o ex-ministro Paulo Bernardo da Silva está provocando reações em todo o País. A reação mais articulada vem da capital paranaense, sede da Operação Lava-Jato e da “República de Curitiba”, temida por Lula. A medida de Toffoli provoca o receio de que se possa fragilizar a Lava-Jato e todo o processo de combate à corrupção em curso no Brasil.

O lançamento de mais um livro sobre o juiz Sérgio Moro, na quarta-feira (29), no Shopping Pátio Batel, transformou-se em palco para manifestações de inconformismo com a decisão de Toffoli. O ex-ministro de Lula (Planejamento) e de Dilma (Comunicações), já investigado em outros inquéritos da Lava-Jato, é acusado na Operação Custo Brasil de um crime repulsivo: participar de um esquema para lesar aposentados endividados.

Uma das manifestações contra a decisão de Toffoli foi comandada por Rafaela Pilagallo, militante e musa do movimento anticorrupção e de apoio à Lava-Jato, “Mais Brasil Eu Acredito”. As mulheres do “Mais Brasil” aproveitaram o evento (que teve a presença do juiz Sérgio Moro) para lançar a “Operação Lava Toga”, uma paráfrase a Lava-Jato, que pretende questionar, com manifestações públicas, decisões de setores do Judiciário sistematicamente favoráveis ao PT. Continue lendo

Fruet desrespeita a lei e os deficientes ao usar vagas para tirar foto

Uma foto do prefeito Gustavo Fruet com um novo ônibus pegou mal nas redes sociais. O problema é que para que a foto fosse tirada, forma utilizadas pelo menos 3 vagas dedicadas exclusivamente a deficientes no estacionamento da Prefeitura, onde foi tirada a foto. “Tirar seu retrato com o ônibus tomando conta das vagas de deficientes não vai dar certo!”, conforme anota o sempre atendo Renato Kiche.

Serra cria área para cuidar de segurança de fronteira

jose-serra

Laura Jardim, O Globo

José Serra resolveu criar no Itamaraty um novo departamento — o de Assuntos de Defesa e Segurança, que ficará sob a responsabilidade do embaixador Nelson Antônio Tabajara.

Será focado na segurança em áreas de fronteira ou, mais precisamente, no combate aos ilícitos transnacionais, à corrupção, ao tráfico de armas e drogas, ao terrorismo e ao crime organizado.

CCJ vota na quarta, o recurso de Cunha

CCJ vota na quarta, o recurso de Cunha

Osmar Serraglio (PMDB-PR), presidente da CCJ, convocou para quarta-feira, 6 de Julho, a sessão que vai apreciar o recurso do presidente afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) sobre o pedido de cassação aprovado pela Comissão de ètica. O relator Ronaldo Fonseca (Pros-DF) entrega o parecer na terça-feira, 5 de julho, para ser publicado. O prazo vencia nesta sexta-feira (1º de julho) e foi estendido a pedido de Fonseca em razão do volume do processo já tem 300 páginas.

Boca-livre

Boca-livre

Editorial, Folha de S. Paulo

Cada vez mais, felizmente, verifica-se que as investigações da Operação Lava Jato vão deixando de constituir um ponto fora da curva no combate à corrupção no país.

Registraram-se, recentemente, iniciativas da Polícia Federal fora do âmbito do chamado petrolão, em casos como o das contas de campanha de Eduardo Campos (PSB), morto em 2014, e o da Operação Custo Brasil —que levou o ex-ministro petista Paulo Bernardo a ser preso por seis dias.

Numa ação conjunta da PF em São Paulo, no Rio e em Brasília, abre-se agora a caixa-preta das irregularidades na Lei Rouanet. Segundo os investigadores da Operação Boca-Livre, armara-se desde 2001 um esquema destinado a obter vantagens dos mecanismos de isenção tributária previstos na legislação de incentivo à cultura. Continue lendo

Justiça Federal de Londrina bloqueia R$ 19,5 milhões das contas do WhatsApp

Empresa descumpriu ordem de liberar mensagens trocadas por traficantes. Esse é um desdobramento da operação Quijarro, deflagrada pela PF

whatsapp

A Justiça Federal em Londrina, no norte do Paraná, mandou bloquear R$ 19,5 milhões das contas do WhatsApp, aplicativo eletrônico de mensagens, que pertence ao Facebook, por ter descumprido uma decisão judicial de liberar mensagens trocadas por traficantes investigados pela Polícia Federal. Esse é um desdobramento da Operação Quijarro, que prendeu uma organização criminosa especializada no tráfico internacional de drogas na quarta-feira (29).

A determinação só bloqueou as contas do WhatsApp, não suspendeu o serviço. A empresa informou que não vai comentar o caso. As informações são do G1 PR.

O valor se refere a multas acumuladas durante os últimos cinco meses. A cada notificação quinzenal o valor foi triplicando e alcançou, em junho, o valor bloqueado. A decisão determinando o bloqueio de contas da empresa é do dia 24 de junho. Continue lendo

Furiati elenca prioridades da Lapa

lapa aerea

O ex-prefeito e pré-candidato Paulo Cesar Furiati (PMDB) elencou as áreas que serão prioritárias em sua gestão, a partir de janeiro de 2017 na Lapa, região metropolitana de Curitiba. Saúde, educação, ação social, urbanismo e vias rurais terão atenção especial. Os demais setores, explica Furiati em sua página no Facebook, serão objeto de análise e busca de parcerias para viabilizar.

A seguir a íntegra da postagem:

Estou preparando propostas de Plano de Governo 2017/2021.
O raciocínio central é: O BÁSICO BEM FEITO – dentro do foco das Pessoas. Não há lógica em nenhuma ação se as pessoas não forem o foco único, pois só tem sentido se TUDO estiver focado no cidadão. Neste raciocínio serão prioridades absolutas:
SAUDE – EDUCAÇÃO- AÇÃO SOCIAL – URBANISMO E VIAS RURAIS. As demais demandas serão objeto de atenção, mas todas necessitando de parcerias para realiza-las, pois o Municipio sozinho não terá condições de abarcar tudo.

Foto: Internet

Atração de investimentos

Presidente do Instituto Teotônio Vilela do Paraná, Marcello Richa (1)Marcello Richa

A inauguração da fábrica da Klabin, realizada nesta terça-feira (28), no município de Ortigueira-PR, sintetiza exatamente o projeto de recuperação econômica que o Brasil precisa: fomento e segurança jurídica promovidos pelo poder público para criar um ambiente propício de investimentos para a iniciativa privada, que irão gerar emprego e renda para a população.

Exemplos de projetos como o da Klabin são encontrados em todo o Paraná devido a programas promovidos pelo governo do Estado para atrair novas empresas. O Paraná Competitivo trouxe mais de R$ 35 bilhões em investimentos que resultaram em 180 mil vagas de empregos, enquanto a Agência Paraná de Desenvolvimento reforçou os trabalhos entre os setores produtivos, fortalecendo nossa economia no mercado internacional. Continue lendo

‘Curitiba nunca esteve tão abandonada’, afirma Movimento Brasil Livre

eder borges

A cidade de Curitiba nunca esteve tão abandonada como se encontra ao final da atual administração. A avaliação é do músico Eder Borges, fundador do Movimento Brasil Livre, que liderou as manifestações, a partir do Paraná, pelo impeachment que afastou Dilma Rousseff (PT) da presidência da República.

“O PT conseguiu finalmente entrar na prefeitura de Curitiba, só que entrou pela porta dos fundos. E o resultado foi este que estamos vendo, a cidade nunca esteve tão abandonada, nunca esteve com tantos moradores de rua, o problema do crack que tem sido terrível e afeta diretamente a segurança e também obras inúteis, estas ciclovias improvisadas, que pintam a rua de vermelho”, disse Eder Borges.

“Curitiba está precisando de obras relevantes, de alguém com visão”, ressaltou.

Ainda de acordo com o MBL, a atual gestão vai terminar, no dia 31 de dezembro deste ano, sem uma obra de relevância. “Isto é fato, não vai deixar nada. É uma gestão que será lembrada como uma gestão ruim. Por isto estou pesquisando os pré-candidatos que temos para poder atuar em conjunto com isto através da voz das ruas”, disse.

Foto: Pedro Mariucci Neto

Com dúvidas sobre vetos, Temer adia sanção de proposta das estatais

Com dúvidas sobre vetos, Temer adia sanção de proposta das estatais

Com indefinições sobre os pontos que vetará no projeto de lei, o presidente interino, Michel Temer, decidiu adiar na noite desta segunda-feira (27) a sanção da chamada Lei de Responsabilidade das Estatais. As informações são de Gustavo Uribe na Folha de S. Paulo.

A ideia inicial do peemedebista era sancionar nesta terça-feira (28) a proposta em uma cerimônia no Palácio do Planalto com a presença de parlamentares da base aliada, em uma tentativa de prestigiá-los pela rápida aprovação do texto.

Em reunião na noite desta segunda-feira (27), contudo, o presidente interino ficou com dúvida sobre alguns trechos da proposta e preferiu analisar melhor o texto com a equipe jurídica do governo federal antes de sancioná-lo. Continue lendo

« Older posts Newer posts »

© 2016 Boca Maldita

Layout por Poolbliq ComunicaçãoUp ↑