Category: Curitiba e Região Metropolitana (page 1 of 111)

Notícias e posts da política em Curitiba e Região Metropolitana

Urbanismo debate novo plano para regularizar imóveis em Curitiba

Na tarde desta quarta-feira, 20, os vereadores debatem o novo plano de regularização de imóveis em áreas ocupadas em Curitiba. A proposta atenderá os moradores que possuam edificações residenciais ou comerciais em áreas de ocupação adquiridas no plano da Cohab.

“Todos, nesta situação, poderão requerer a regularização das construções”, destacou o vereador Zezinho do Sabará (PDT), autor de projeto sobre regularização das edificações, debatido pela Comissão de Urbanismo, Obras Públicas e Tecnologias da Informação.

A iniciativa, conforme Sabará, permitirá legalizar construções que tenham excedido limites de ocupação do solo, “liberando o Executivo (município) de impor os limites da Lei de Zoneamento, por exemplo, já que a regularização teria uma finalidade social”. Continue lendo

Paraná lidera produção de proteína animal do País

O Paraná consolidou a posição de maior produtor de carnes do País – sua participação é de 21% do total produzido do Brasil. O Estado produziu 2,64 milhões de toneladas de carnes de frango, bovina e suína no primeiro semestre de 2017. O Brasil, por sua vez, produziu 12,22 milhões de toneladas. Os dados são do IBGE/Ipardes.

O maior destaque foi a avicultura paranaense com 2,11 milhões de toneladas no primeiro semestre. Sozinho, o Paraná representou 31,3% da produção brasileira de carne de frango. Com o resultado, se manteve em primeiro lugar na avicultura nacional, à frente de Santa Catarina (com 1,05 milhão de toneladas) e do Rio Grande do Sul (810,2 mil toneladas).

A indústria de carnes paranaense, apesar de estar consolidada, cresce acima da média brasileira. A produção nacional foi de 6,7 milhões de toneladas de frango no primeiro semestre de 2017, com crescimento de 0,6% na mesma base de comparação. Continue lendo

Farmácia Curitiba está com as prateleiras cheias, destaca Greca

O prefeito Rafael Greca destacou nesta terça-feira, 19, o restabelecimento do programa Farmácia Curitiba, criado em 1994, com o abastecimento de medicamentos básicos para as 110 unidades de saúde e as nove Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). “Alegria em ver novamente cheias as prateleiras da Farmácia Curitiba, criada na minha primeira gestão em 1994”, disse.

Com o ajuste fiscal, explicou Greca, a Prefeitura de Curitiba conseguiu quitar as dívidas herdadas com os fornecedores de medicamentos e insumos da saúde. “Esse é o caminho para recuperar a capacidade de atender bem a população. Aos poucos a gente faz muito”, destacou Greca.

“O ajuste fiscal possibilitou a liberação de mais de R$ 7,8 milhões aos fornecedores de medicamentos, insumos e materiais da saúde, todos referentes a pagamentos atrasados de 2016”, detalhou. Continue lendo

Custo Lula cai para R$ 75 mil em Curitiba

O secretário Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, apresentou nesta quinta-feira (14) o balanço da operação realizada no depoimento do ex-presidente Lula (PT) em Curitiba. Ao todo foram empregados 1.226 agentes de segurança – 916 policiais militares, 50 policiais federais, 60 policiais rodoviários federais, 100 guardas municipais 100 agentes da Setran. “Os custos ainda não foram fechados, mas projetamos ser proporcionalmente a metade do investimento anterior. Não podemos falar em gastos quando se trata de uma operação desta natureza, mas sim em investimento em segurança pública.” destacou Mesquita.

Ao longo da operação nenhuma ocorrência ligada diretamente ao depoimento foi registrada. De acordo com a PRF, três ônibus foram retidos por estarem com a documentação irregular. “Já tínhamos dito anteriormente que as nossas polícias rodoviárias, tanto Estadual quanto Federal, não se furtariam de exercer sua atividade policial de revista nos ônibus”, comentou Mesquita.

No primeiro depoimento de Lula, realizado no mês de maio, foram empregados quase 3 mil policiais e com investimento de R$ 150 mil. O efetivo na época foi calculado com base no número de manifestantes informado que viria para Curitiba. Desta vez, foram 1.226 agentes. Mesquita destacou ainda que não houve necessidade de deslocar policiais do interior do Estado.

Michele Caputo destaca importância da atenção primária no setor da saúde pública

O secretário estadual de Saúde, Michele Caputo Neto, em visita a ”mostra de vivências de Territórios”, realizada pela Escola de Saúde Pública (ESPP), destacou a atenção primária como contato inicial do cidadão com a saúde pública e onde mais de 90% das demandas das pessoas podem ser resolvidas. “Esse espaço de relato de experiências pode influenciar equipes locais a implantar soluções desenvolvidas em outras regiões, o que impacta diretamente na qualidade dos serviços”, ressaltou o secretário.

Realizada nestas terça e quarta-feira (12 e 13) a etapa Sul da ‘Mostra de Vivências nos Territórios’, evento que reúne as experiências compartilhadas na plataforma on-line ‘Saúde é o Meu Lugar’, uma parceria da Secretaria de Estado de Saúde com o Ministério da Saúde, Fundação Oswaldo Cruz e Rede Brasileira de Escolas de Saúde Pública para compartilhar histórias dos profissionais que atuam na atenção primária.

O objetivo do evento é estimular o debate sobre os temas apresentados pelos profissionais na plataforma e compartilhar as experiências das equipes municipais. A diretora-geral da Escola, Ana Fonseca, salienta que estas histórias são verdadeiros exemplos de superação, que não necessariamente estão vinculados à necessidade de recursos financeiros. Segundo ela, muitas vezes o que impacta na saúde do paranaense é uma visão diferente de fazer e agir que os profissionais encontram. Continue lendo

Guetter participa do Paraná Investment Meeting

O presidente da Copel, Antonio Guetter participou nesta quarta-feira (13), em Foz do Iguaçu, do Paraná Investment Meeting, evento de debates sobre investimento, infraestrutura e sustentabilidade. “O Paraná é o Estado mais competitivo do Brasil depois de São Paulo. A infraestrutura de energia oferecida pela Copel é um grande fator de atração de empresas e investimentos, o que gera empregos e desenvolvimento”, disse Guetter no painel Energia, Competitividade e Sustentabilidade.

O painel teve as participações de Luiz Fernando Vianna, diretor-geral de Itaipu, Mounir Chaowiche, presidente da Sanepar, e Jonel Iurk, presidente da Compagás. O mediador foi Adalberto Netto, presidente da Agência Paraná de Desenvolvimento.

O evento teve ainda o painel Atração de Investimentos e Desenvolvimento Econômico, com representantes de Secretaria da Fazenda, Secretaria Estadual do Planejamento, Agência Paraná de Desenvolvimento.

O público foi formado por empresários e investidores da região e dos países vizinhos. “Foi um evento importante para destacar a posição privilegiada da Copel e do Paraná e o papel que os investimentos em energia, telecomunicações, água e gás tem no desenvolvimento e atratividade, auxiliando na competitividade das empresas e na sustentabilidade das comunidades”, afirmou Guetter.

Cadastro de Uber e Cabify termina na sexta, 15


O secretário de Finanças de Curituba, Vitor Puppi, adiantou que termina nesta sexta-feira, 15, o prazo de cadastro para as empresas que operam os serviços de transporte compartilhado (Uber e Cabfy, por exemplo) em Curitiba.

“A normatização traz mais segurança para os usuários da capital e vem pacificar um serviço que é alvo de polêmica em todo o mundo desde que teve início e passou a representar parcela significativa do transporte nos municípios”, disse.

O registro, segundo Puppi, é um requisito exigido para regulamentação do serviço desde agosto em Curitiba. “As informações prestadas ao município têm prazo de validade de um ano”, destacou o secretário.

Quem quer ser um deputado? As inscrições estão abertas

O que você faria se você fosse um deputado estadual? Pois a oportunidade de colocar esse projeto em prática pode estar mais próxima do que se imagina. O Parlamento Universitário, uma parceria entre a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Paraná e universidades de Curitiba, oferece a chance de ocupar as cadeiras dos deputados, as dependências da Assembleia, com direito a apresentar projetos e fazer debates no Plenário da Alep.

A iniciativa faz parte das ações adotadas pela Presidência e pela Mesa Executiva da Assembleia para aproximar a população do Parlamento. “É nossa preocupação constante trazer a população, em especial os jovens, para participar do dia a dia da Assembleia. Desejamos aproximar os paranaenses das atividades políticas. Queremos ajudar a formar novas gerações de líderes que vão comandar o estado amanhã”, diz o presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB).

Para Dylliardi Alessi, diretor Legislativo da Assembleia, a experiência, já realizada no ano passado, mostrou ser extremamente bem-sucedida. “As pessoas que participaram são unânimes em afirmar que passaram a ter uma outra visão do parlamento e da atividade política. Algumas disseram ter descoberto uma vocação, todas entenderam que fazer política é uma atividade mais complexa e mais interessante do que imaginavam” Continue lendo

Campanha de multivacinação segue até dia 22

A Campanha Nacional de Multivacinação começou nesta segunda-feira (11) em todo o Paraná. Até o dia 22 de setembro todas as unidades de saúde do Estado vão receber crianças e adolescentes até 14 anos 11 meses e 29 dias para atualização das carteiras de vacinação. No dia 16 acontece o Dia D da campanha, com unidades de saúde abertas durante todo o sábado para facilitar o acesso da população à campanha.

“As vacinas são umas das principais formas de prevenção de diversas doenças. Esta campanha é uma importante ferramenta para manter a carteira de vacinação atualizada e garantir a proteção necessária para que nossas crianças e jovens cresçam saudáveis”, afirma o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto.

Os 30 municípios do Paraná que fazem parte da campanha de vacinação contra a dengue devem seguir orientações especiais. Quem tomar alguma vacina deve informar a unidade de saúde para que seja respeitado o intervalo de 30 dias para a aplicação da vacina da dengue.

Kaefer propõe fundo para financiar ensino

O deputado Alfredo Kaefer (PSL-PR) pediu a inclusão de emenda à Medida Provisória 784 para instituir o Fundo de Financiamento do Ensino e Educação Nacional. “O fundo prevê o acesso de todos ao ensino de qualidade, possibilitando o financiamento a educação de quem desejar obter recurso para apoiar o acesso educacional, desde o ensino médio até o ensino superior”, justificou.

Segundo Kaefer, as receitas e as despesas do fundo de natureza contábil integrarão o orçamento geral da União: “O objetivo é promover o desenvolvimento da educação e a inclusão universal do ensino, por meio das atividades e projetos do Banco Central do Brasil”.

O deputado explica que os recursos do fundo serão recolhidos pelo Banco Central por conta da assinatura do termo de compromisso, além de outras receitas que vierem a ser destinadas ao Fundo, “inclusive os rendimentos auferidos com a aplicação de seus recursos”. Continue lendo

“Queremos ampliar a coligação vencedora de 2010 e 2014”, diz Cida

Em entrevista ao jornal Metro de Maringá a vice-governadora Cida Borghetti falou sobre os planos para 2018, detalhou os investimentos na cidade e região e fez um breve balanço sobre os oito dias em que esteve à frente do Palácio Iguaçu. Também

“Sim, recebi o convite das direções nacional e estadual da legenda para disputar as eleições ao Governo do Estado. Aceitei o desafio com muita responsabilidade. As negociações estão em andamento e cada legenda analisando o cenário. Essas conversas devem se intensificar a partir dos próximos meses. Da nossa parte trabalhamos para ampliar a coligação vencedora das campanhas de 2010 e 2014”.

Confira a íntegra da entrevista:

A senhora já foi anunciada como pré-candidata do PP ao Governo em 2018. Como estão as articulações, as negociações com outros partidos ?
Sim, recebi o convite das direções nacional e estadual da legenda para disputar as eleições ao Governo do Estado. Aceitei o desafio com muita responsabilidade. As negociações estão em andamento e cada legenda analisando o cenário. Essas conversas devem se intensificar a partir dos próximos meses. Da nossa parte trabalhamos para ampliar a coligação vencedora das campanhas de 2010 e 2014. Continue lendo

Esquema de segurança de Lula terá mil policiais

O secretário de Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, afirmou nesta segunda-feira, 11, que o esquema de segurança para o ex-presidente Lula (PT) terá mil policiais. Nesta quarta-feira, 13, Lula depõe ao juiz Sérgio Moro em Curitiba. “O planejamento operacional é basicamente o mesmo. Agora com um volume de policiais um pouco menor, cerca de mil policiais. Dois perímetros serão interditados, o primeiro é a praça em frente a Justiça Federal e o outro é próximo ao local, cerca de duas quadras dali” disse Mesquita.

No primeiro depoimento de Lula a Moro em 10 de maio, o aparato de segurança montado pela Polícia Militar e Guarda Municipal, o que inclui bloqueio de ruas, uso de helicópteros, viaturas e mais de três mil policiais, custou mais de R$ 150 mil segundo dados da PM e GM.

Mesquita justificou que o número do efetivo é menor porque a quantidade de manifestantes a favor do ex presidentes desta vez é inferior. Ele ressaltou ainda que serão feitas fiscalizações nas rodovias para verificar a regularidade dos veículos bem como materiais ilegais. “Da última vez, apreendemos foices e facas, já solicitamos aos movimentos de apoio ao ex presidente Lula que não tragam este tipo de material. Não abrimos mão da fiscalização” enfatizou Mesquita.

Estima-se que os investimentos nesta operação sejam menores. “Nós vamos investir em segurança para garantir uma manifestação tranquila, democrática e um ato de justiça sendo feito sem maior constrangimento” completou Mesquita sem prever o montante gasto na nova operação.

Richa recebe atletas do Operário de Ponta Grossa, campão da série D

Os jogadores do Operário Ferroviário Esporte Clube, de Ponta Grossa, foram recebidos pelo governador Beto Richa, nesta segunda-feira (11), em Curitiba. A equipe conquistou o título de campeão da Série D do Campeonato Brasileiro depois de bater o Globo-RN nas finais. É a primeira vez que um clube paranaense leva a quarta divisão, que começou a ser disputada em 2009.

Richa afirmou que a conquista do título é uma grande marca para o Estado. “A união de todos os jogadores, da equipe técnica e da diretoria garantiu essa grande conquista ao Estado. O Operário orgulha o Paraná”, disse.

Richa destacou a importância do esporte para a formação social, mental e física e ressaltou o exemplo saudável que os atletas profissionais proporcionam, principalmente principalmente às crianças e adolescentes. “O esporte socializa, ajuda a afastar a juventude de males da sociedade. Vocês são referência para nossas crianças e adolescentes”, afirmou. Continue lendo

Hospitais de pequeno e médio porte recebem R$ 2,6 milhões por mês do Estado no Paraná

Os 106 hospitais de pequeno e médio porte do Paraná recebem R$ 2,6 milhões mensais da Secretaria Estadual da Saúde para custeio de serviços prestados à população. Eles integraram à terceira fase do Hospsus, programa de apoio aos hospitais públicos e filantrópicos.

“Este investimento amplia o atendimento hospitalar em todo Paraná”, destacou o secretário Michele Caputo Neto. Segundo ele, desde a implantação do Hospsus em 2011, o Estado já destinou mais de R$ 700 milhões ao custeio de hospitais deste porte, o que tem garantido resultados expressivos, como a ampliação de leitos gerais e de UTI.

“Os incentivos criados pelo Estado têm regras e metas. Não se trata de mesada, mas de recursos públicos aplicados para custear e ampliar serviços aos nossos cidadãos”, disse Caputo Neto. A Secretaria de Saúde identificou mais 76 hospitais que podem receber recursos estaduais, mas precisam aderir ao Hopsus. Com a adesão deles, o aporte mensal pode subir para R$ 4,5 milhões mensais. Continue lendo

Vereadores aprovam aumento de multa e rigor contra pichadores em Curitiba

A Câmara de Vereadores de Curitiba aprovou nesta segunda-feira, 11, o aumento da multa aos pichadores. De iniciativa do vereador Helio Wirbiski (PPS), a proposta eleva o valor da multa de R$ 1.693,84 para R$ 5 mil à pichação de imóveis particulares e para R$ 10 mil no caso de bens do patrimônio histórico ou público.

A medida será aplicada independente de indenização pelas despesas e custas da restauração. A matéria altera ainda o artigo 4º da lei municipal 8984/1996 e segue para votação em segundo turno nessa terça-feira, 12.

“Curitiba, infelizmente, está entre as primeiras colocadas em vandalismo, o que me deixa perplexo. Temos vários exemplos passados positivos da cidade no Brasil e mundo afora, mas este é um péssimo exemplo”, disse Wirbiski. Continue lendo

Older posts

© 2017 Boca Maldita

Layout por Poolbliq ComunicaçãoUp ↑