0 Shares 216 Views

Nota Curitibana encerra ano com R$ 2,5 milhões em prêmios e terá aplicativo

26 de dezembro de 2018
216 Views

Lançado no início de 2018, o programa Nota Curitibana encerra o ano com R$ 2,5 milhões distribuídos em prêmios a pessoas físicas e entidades sociais. O último prêmio do ano, de R$ 150 mil, foi entregue no dia 20 de dezembro. “O Nota Curitibana inibe a sonegação, premia o cidadão e ainda faz o bem a quem precisa”, diz o prefeito Rafael Greca.

Além do prêmio especial – que é distribuído no aniversário de Curitiba e no Natal – o programa distribui R$ 230 mil em prêmios todo mês, que incluem R$ 50 mil, R$ 20 mil e R$ 10 mil para os contribuintes sorteados e mais R$ 25 mil, R$ 10 mil e R$ 5 mil para as entidades sociais indicadas pelos vencedores, além de prêmios de R$ 10.

Até agora 87.251 cidadãos fizeram cadastro no programa e são 102.343 empresas emissoras de nota na capital.

Para participar dos sorteios do programa, o contribuinte precisa fazer um cadastro no site do Nota Curitibana e informar o CPF na emissão da nota fiscal. É possível pedir o CPF na nota em vários estabelecimentos do setor de serviços, como oficinas mecânicas, escolas, cursos educacionais, academias, gráficas, salões de beleza, pet shops e estacionamentos, por exemplo.

O coordenador do programa, Mario Nakatani Júnior, lembra que o programa gera um bilhete para o sorteio na primeira nota com o CPF do mês; a partir daí cada R$ 50,00 resulta em um bilhete extra, limitados a cem tíquetes.

Para o próximo ano, Nakatani adianta que haverá novidades, com o lançamento do aplicativo do programa. “O contribuinte vai poder acompanhar os saldos dos créditos do IPTU, os bilhetes dos sorteios, transferir para conta corrente os valores sorteados e indicar o imóvel para abater o IPTU, além de ver suas notas”, diz.

O programa também permite que os créditos acumulados possam abater até 30% do valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU). Nesse ano, o valor de créditos usados para abater o valor do IPTU 2019 bateu recorde e somou R$ 996,3 mil. O volume representa um aumento de 55,3% em relação aos números do ano passado (R$ 641,3 mil) quando estava em vigor o antigo programa Boa Nota.

Em número de indicações, o aumento foi de 62,4% na comparação dos dois anos. Em 2017, foram 12.713 indicações para o abatimento do IPTU 2018, contra 20.647 indicações para abatimento em 2019.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.