0 Shares 408 Views

Undesa e Itaipu reforçam ações em água, energia e enfrentamento das mudanças climáticas

29 de setembro de 2018
408 Views

Os assuntos foram tema da reunião do Conselho Consultivo da Parceria Soluções Sustentáveis em Água e Energia

Representantes da Itaipu Binacional e do Departamento de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU (Undesa), reunidos em Nova York nesta sexta-feira (28), concordam sobre a necessidade de reforçar a divulgação internacional de práticas bem-sucedidas na gestão da água, energia e ações de enfrentamento das mudanças climáticas. O assunto foi tema da reunião do Conselho Consultivo da Parceria Soluções Sustentáveis em Água e Energia, iniciativa conjunta entre a binacional e a Undesa.

As instituições foram representadas, respectivamente, pelo diretor-geral brasileiro, Marcos Stamm, e pelo subsecretário executivo de Assuntos Econômicos e Sociais da ONU, Liu Zhenmin que, inclusive, visitou a usina no último mês de maio. Também participaram o diretor de Desenvolvimento Sustentável da Undesa, Juwang Zhu, o diretor-superintendente do Parque Tecnológico Itaipu, Jorge Callado, o superintendente de Meio Ambiente da Itaipu (Brasil), Ariel da Silva, a assistente da Diretoria de Coordenação (Paraguai), Maria Eugenia Alderete Corvolan, e o assistente da Diretoria-Geral Brasileira, João Carlos Ferrer.

Durante a reunião, em que foi aprovado o plano de trabalho da parceria para 2019, os representantes das duas instituições alinharam diversos temas relacionados a esse projeto, que tem como objetivo promover ações em prol dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 6 (Água Potável e Saneamento) e 7 (Energia Acessível e Limpa). A comitiva da Itaipu reafirmou o compromisso da Itaipu de seguir avançando nesses temas em nível local e regional nos dois países e anunciou a participação da empresa como parceira da ONU Mudanças Climáticas na Conferência Mundial do Clima, a COP 24, que será realizada na Polônia no mês de dezembro.

O diretor Liu Zhenmin confirmou a participação da Undesa nos dois eventos paralelos que a empresa irá promover durante a COP e se comprometeu a salientar o forte vínculo entre a questão das alterações no clima e as ações em água e energia.

“É muito importante destacar a contribuição das hidrelétricas, como é o caso da Itaipu, que produz uma energia renovável e que evita as emissões de gases do efeito estufa, causadores das mudanças climáticas. Por isso, é necessário mostrar para o mundo as ações bem-sucedidas para prevenir ou mitigar, ou ainda se adaptar a essas mudanças”, afirmou Stamm.

“Toda grande empresa deveria conhecer a experiência da Itaipu sobre como colocar em prática a Agenda 2030 do Desenvolvimento Sustentável”, comentou Zhenmin. “Temos certeza de que, com a parceria com a Undesa, será possível dar mais visibilidade a essas iniciativas e seus impactos na região”, acrescentou.

“Para nós, da Undesa, o objetivo é que tenhamos, no futuro, pelo menos 500 grandes empresas em todo o mundo atuando da maneira como Itaipu atua em prol do desenvolvimento sustentável”, completou Juwang Zhu.

A Itaipu encerra sua agenda em Nova York nesta sexta-feira, com uma participação no evento Business call to action, promovido pelo Pnud, também da reunião do Conselho Mundial de Energia.

Foto: Gustavo Paredes/Itaipu Binacional

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.