0 Shares 71 Views

Cida, Beti Pavin e Greca vistoriam obras da ponte sobre rio Atuba na divisa de Colombo e Curitiba

13 de julho de 2018
71 Views

Nesta quinta-feira (12), a governadora Cida Borghetti e o prefeito Rafael Greca vistoriaram as obras na ponte sobre o Rio Atuba, na Rua Sebastião Gonçalves Pinto, na divisa entre Curitiba e Colombo. A prefeita de Colombo, Bete Pavin, também acompanhou a vistoria.
“O governo do Estado e a prefeitura de Curitiba, em parceria, estão construindo cinco novas pontes de concreto nos bairros Atuba, Santa Cândida, Boqueirão, Alto Boqueirão e Bigorrilho”, disse Cida.

As cinco estruturas integram, segundo Cida Borghetti, um conjunto de 49 obras de construção, substituição e revitalização de pontes que estão em andamento em 30 cidades do Paraná. Os projetos são realizados por meio de convênios já formalizados entre a Secretaria de Infraestrutura e Logística e as prefeituras.

Grande Curitiba – O trabalho conjunto envolve o DER-PR, que fornece as estruturas pré-moldadas para a construção e reforma (vigas, lajotas e guarda-rodas) e orientação técnica para montagem. A prefeitura executa a infraestrutura nas cabeceiras e aterros, além da concretagem.

O prefeito Rafael Greca afirmou que a estrutura vai contribuir para a meta de melhoras as ligações metropolitanas. “Juntos estamos fazendo grandes obras porque a Grande Curitiba é uma só e é nosso dever fazer essas ligações metropolitanas”, declarou.

De acordo com a prefeita Bete Pavin a ponte será entregue em 60 dias. “Logo teremos novamente a passagem dos municípios de Colombo e Curitiba”, disse.

Outras obras – Em Curitiba, estão em obras também as pontes das ruas Vitorino Kaviski, no Bigorrilho; 25 de Agosto, no Boqueirão; e da Rua Mathias de Andrade Rocha, no Alto Boqueirão, no cruzamento com a Itaúna do Sul e da Rua Aleixo Schluga, no bairro Santa Cândida, no cruzamento com as ruas Izidoro Mário Paul e Patativa, sobre o Córrego Jardim Cruzeiro do Sul.

De acordo com o secretário de Obras de Curitiba, o vice-prefeito Eduardo Pimentel, as obras beneficiarão cerca de 50 mil pessoas. “São regionais que concentram um grande número de moradores que dependiam de pontes de madeira”, disse.

Pimentel destaca que o Governo do Estado também liberou recursos também para a recuperação de 147 ruas da Capital. A estimativa é que até o final do ano 265 vias públicas de Curitiba sejam revitalizadas.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.