0 Shares 1380 Views

Paraná perto de ganhar a concessão da Vila Capanema, comemora João Arruda

29 de maio de 2018
1380 Views

O Paraná Clube está muito próximo de garantir a concessão pública da Vila Capanema para as próximas décadas. A expectativa é que o acordo seja decretado até o final de junho, durante a Copa do Mundo na Rússia, adiantou o deputado federal João Arruda, que acompanhou o ministro do Esporte, Leandro Cruz, em visita ao estádio em Curitiba na última semana.

“O Paraná Clube está na ponta da agulha para conseguir a concessão. Acredito que até o final de junho teremos uma situação resolvida”, destacou João Arruda, em entrevista à Gazeta do Povo nesta segunda-feira (28). As tratativas com o Governo Federal estão avançadas, confirmou o ministro Leandro Cruz.

O período em que a estrutura ficará sob responsabilidade do clube é o último detalhe que falta definir para fechar o acordo. “O Governo Federal entende que a concessão deve ser de 30 anos, mas os clubes querem de 50 anos. Ainda estamos negociando esse período, mas com otimismo”, afirmou João Arruda, que tem feito a intermediação entre o Paraná e a União.

O ministro do Esporte, confirmou o andamento das tratativas do governo com clubes que tem patrimônios com pendências com a União. “Nós estamos tentando facilitar as coisas por essas demandas dos clubes”, explicou Leandro Cruz, durante a visita ao estádio.

A questão envolvendo o estádio do Paraná dura 47 anos. Começou em 1978, quando os engenheiros da Rede Ferroviária Federal pediram na Justiça a reintegração de posse do terreno, por não reconhecerem a fusão de Britânia e o Palestra Itália, dando origem ao Colorado, em 1971. Em 2016, a posse da Vila para a União foi garantida pelo Tribunal Regional Federal de Porto Alegre (TRF-4)

Procedimento
A concessão ao Paraná não elimina a possibilidade de um acordo para a posse definitiva do Durival Britto e Silva pelo clube. A União alega ser proprietária, mas pode ceder a disputa jurídica se o Paraná entregar imóveis como permuta.

Em nota, o clube comemorou a aproximação do acordo. “Mostramos tudo o que vem sendo feito por esta diretoria nesse trabalho de resgate do Paraná Clube, nas áreas esportiva e financeira”, destacou o presidente Leonardo Oliveira.

Além do Paraná, outros clubes tem situação semelhante e poderão ser beneficiados: Operário de Ponta Grossa, Tubarão, São Caetano, Portuguesa Santista e Santos.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.