0 Shares 162 Views

Coluna Boca Maldita de segunda, 16

16 de abril de 2018
162 Views

Lula lá
Mesmo após a prisão, no dia 07 de abril, o ex-presidente Lula continua liderando nas intenções de votos voto no país. De acordo com levantamento do instituto Datafolha, veiculado ontem (15) pela Folha de S.Paulo, o petista teria 31% dos sufrágios nas urnas e venceria em todos os cenários medidos. O índice, que se manteve perto das últimas enquetes, é mais que o dobro do segundo colocado Jair Bolsonaro, que tem 15%. A ex-senadora Marina Silva aparece uma destacada terceira posição, com 10% das intenções de voto. A pesquisa ouviu 4.194 eleitores de 11 a 13 de abril, em 227 municípios. A margem de erro é de 2%.

Estacionado
“O (Jair) Bolsonaro estacionou”, disse um bocudo consultado pela coluna. Segundo ele, a denúncia de racismo contra o deputado federal, pela Procuradoria Geral da República, deverá refletir negativamente, fazendo cair o índice dele. A conferir!

Sem Lula
O ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, e o ex-ministro Ciro Gomes avançam nas intenções de voto para presidência da República, caso o candidato do PT seja o ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad ou o ex-governador da Bahia, Jaques Wagner.

Avanço
Joaquim Barbosa, que ainda não anunciou oficialmente a pré-candidatura, nos primeiros cenários aparece com 8% das intenções de voto e oscila para 10% no cenário sem Lula.

Avanço II
Ciro Gomes, que já foi candidato, nos cenários com Lula aparece com 5% das intenções de voto. Sem Lula, para 8% e 9% das intenções de voto.

Criticar não resolve
É bom o senador Alvaro Dias (Podemos) rever sua tática de dia sim outro também descer a borduna em Lula. De acordo com o Datafolha, Alvaro oscila de 3% a 5%, apenas quando o atual presidente Michel Temer (MDB) não aparece.

O novo
Joaquim Barbosa, na avaliação do jornalista Ricardo Noblat (O Globo), é o único que pode-se dizer de novo no levantamento. “O juiz do mensalão filiou-se ao PSB há menos de 15 dias. Sem a garantia sequer de que será o candidato do partido à sucessão do presidente Michel Temer”, anotou.

Novo II
“Mas bastou para mostrar que poderá ir longe. Nas grandes cidades, tem 12% das intenções de voto contra 6% de Geraldo Alckmin, candidato do PSDB. Empata com Alckmin no Sudeste”, ressaltou Noblat.

Hostilizados
Não está fácil a vida de políticos, principalmente com o advento das redes sociais. Veja só, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, dividiam tranquilamente a mesma mesa o presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB) e os senadores Jorge Viana (PT-AC) e Anastasia (PSDB-MG).

Hostilizados II
De repente o trio foi descoberto por populares brasileiros que, de filmadora em punho, começaram cobrar as posições em Plenários, votando a favor e contra projetos polêmicos. Jorge Viana levantou afirmando que iria pegar um refrigerante. De nada adiantou, o vídeo está bombando nas redes sociais. Alguém duvidava?

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.