0 Shares 329 Views

Coluna Boca Maldita desta quarta, 07

7 de março de 2018
329 Views
PT monta o circo que vai anunciar Lula como vítima de um complô

Lula lá!
Mesmo com toda a saraivada que vem levando dia sim, outro também, o ex-presidente Lula (PT) continua favorito dos brasileiros para vencer a eleição de presidente em outubro próximo. Vejam só, no mesmo dia em que o STJ negou ao petista um habeas corpus preventivo, pesquisa CNT/MDA divulgada ontem (06) pela Reuters, ele aparece na liderança em todos os cenários de intenção de voto, nos quais seu nome aparece. Lula lidera, tanto no primeiro quanto no segundo turno, revelam os números.

Com Lula
Na sondagem de intenção de voto estimulada para a Presidência, Lula soma 33,4%, Bolsonaro ocupa a segunda posição, com 16,8% e o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), aparece com 6,4%. Brancos e Nulos somam 18,2% e indecisos 6,4%.

Sem Lula
Sem o petista no cenário, o deputado Jair Bolsonaro lidera as intenções de voto.

Lula IV
Na sondagem espontânea, Lula soma 18,6%. Bolsonaro em segundo tem 12,3%, seguido de Ciro Gomes (PDT), com 1,7% e Alckmin tem 1,4%. O senador Alvaro Dias (PODE-PR), alcança 1,2%, o mesmo que Marina Silva (Rede).

“Moralista e…
… superficial”. Com esta expressão o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) classificou a decisão do Tribunal de Justiça que, em liminar, suspendeu a lei que autoriza venda e consumo de cerveja nos estádios do Paraná. “Essa lei, desde o início, foi absolutamente tratada de forma positiva pelos torcedores e, ao mesmo tempo, sem nenhum incidente nesse período todo”, disse.

E o direito?
Romanelli é co-autor da lei que foi sancionada em setembro de 2017. De acordo com o parlamentar, a decisão do Órgão Especial do TJ é uma intervenção estatal que fere o direito individual de escolha do cidadão.

Arruda lá?
O deputado federal João Arruda, sobrinho do senador Roberto Requião, pode estar com um pé fora do MDB, partido onde milita há 15 anos. No último final de semana, Arruda recebeu convite do presidente nacional do PHS, o deputado federal Marcelo Aro (MG), para trocar de legenda. O paranaense não disse nem sim, nem não, mas a relação com o tio Requião, que é presidente estadual do MDB, não anda assim lá uma Brastemp.

Com Alvaro
O deputado Ratinho Júnior (PSD) embarca amanhã (8) para um encontro com o senador Alvaro Dias (Podemos) em Brasília. De acordo com o Bem Paraná, Alvaro, que já tem o apoio do irmão e também pré-candidato ao governo, ex-senador Osmar Dias (PDT), estabeleceu como meta conseguir o apoio de todos os principais pré-candidatos ao governo paranaense à sua pretensão de chegar ao comando do Palácio do Planalto.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.