0 Shares 236 Views

Coluna Boca Maldita desta quarta, 07

7 de fevereiro de 2018
236 Views

Sou candidato!
Os três principais pré-candidatos a sucessão do governador Beto Richa (PSDB) enfrentam mais uma semana reafirmando aquilo que não abrem mão, mas os adversários insistem em espalhar o contrário. “Sou candidato ao Governo do Paraná em outubro e não abro mão”. Esta é a tônica das declarações mais frequentes da vice-governadora Cida Borghettoi (PP), do deputado estadual Ratinho Junior (PSD) e do ex-senador Osmar Dias (PDT). Cada um enfrenta as dúvidas dentro do seu quadrado, como veremos a seguir.

Cida
A vice-governadora se depara, neste momento, com as especulações sobre a saída ou não de Beto Richa, para disputar uma das duas cadeiras que estarão em aberto no pleito de outubro. Se Beto ficar, Cida não assume o governo, o que dificultaria seu projeto de reeleição. Se assumir o cargo, teria a máquina, e o marido ministro Ricardo Barros (Saúde), trabalhando a seu favor.

Ratinho
O filho do famoso apresentador vive dilema inverso da vice-governadora. Ratinho Junior torce pela permanência de Beto Richa no governo e assim, teria grandes chances de herdar o apoio do atual grupo que ocupa o Palácio Iguaçu. Caso Beto saia do governo, o deputado estadual terá dificuldades em formar um robusto arco de alianças para apoiar seu projeto eleitoral.

Osmar Dias
O ex-senador está as voltas, como de costume, com o dilema da indecisão, desta vez, pelo partido pelo qual irá ao pleito – ele ainda não definiu se sai do PDT, onde teria dificuldade em apoiar a candidatura do irmão Alvaro Dias (Podemos) à presidência, ou para qual partido vai. Este dilema pode dificultar a vida de Osmar na formação de um bom arco de alianças e um bom tempo de TV na campanha eleitoral.

No mesmo banco,…
… na mesma barca! O deputado estadual Luiz Claudio Romanelli e o presidente do PSB do Paraná, Severino Araújo, se encontraram ontem (06) na sede do partido, em Brasília, para falar com o presidente nacional Carlos Siqueira. O teor da conversa não foi divulgado mas, curiosamente, Osmar Dias esteve exatamente no mesmo banco na semana passada. Romanellli é um dos defensores da candidatura de Osmar ao governo do Paraná e da filiação do ex-senador ao partido. Juntando lé com cré, é isso mesmo.

Ex, de novo?
Ex-deputado federal, ex-Paraná Esportes e ex-PCdoB, Ricardo Gomyde tem tudo para ser, em breve, ex-Ratinho Júnior. Quem levanta a lebre é o Goela de Ouro, no Blog do Zé Beto. Atualmente no PSB, Gomyde tem sido visto costeando o alambrado de Osmar Dias que, segundo a bolsa de apostas do Centro Cívico, deve se filiar ao partido socialista em breve. Enquanto era presidente do PCdoB do Paraná, Gomyde conduziu os comunistas a apoiarem Ratinho em sua candidatura à prefeitura de Curitiba em 2012 e a de Ney Leprevost, então candidato de Ratinho, em 2016.

Nova liderança
A Liderança da Oposição na Assembleia Legislativa tem novo líder. Trata-se do deputado Anibelli Neto (PMDB), que assumiu no lugar de Tadeu Veneri (PT), novo vice-líder. Integram ainda a bancada Ademir Bier, Nereu Moura e Requião Filho (PMDB) e Professor Lemos e Péricles de Mello (PT).

Mais limpa
O prefeito Rafael Greca recebeu segunda (5), em São Paulo, prêmio da Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) que concede o título a Curitiba como a capital com mais saneamento do Brasil. “Divido esse prêmio com a equipe da Sanepar e da zeladoria urbana de Curitiba, os valorosos servidores da Secretaria do Meio Ambiente e todos os nossos colegas da Prefeitura”, disse Greca.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.