0 Shares 139 Views

Alckmin escolhe Ponta Grossa para largada à corrida Presidencial

16 de novembro de 2017
139 Views

Ainda neste mês, está prevista a vinda do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, acompanhado do governador do Paraná, Beto Richa, à Ponta Grossa, na região dos Campos Gerais do Paraná. O evento marca a filiação do prefeito pontagrossense Marcelo Rangel e a largada do tucano à corrida Presidencial de 2018. A confirmação da data depende apenas da conciliação da agenda dos dois governadores. As informações são do Blog do Johnny.

Por telefone, Alckmin reforçou o convite feito pelo governador Beto Richa e pelos demais líderes do PSDB do Paraná, ao prefeito Marcelo Rangel, para se filiar no partido, e garantiu a sua presença no ato.

O anúncio da filiação de Rangel no PSDB foi feito pelo presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Ademar Traiano, no último sábado, 11, durante convenção estadual do PSDB em Curitiba. Na oportunidade, Traiano transmitiu a presidência do partido no Estado para o governador Beto Richa. “Quero dar uma notícia muito otimista para o nosso partido. Estamos para filiar um prefeito de uma das maiores cidades do Paraná muito em breve. Já conversou com o governador Beto Richa e com o nosso candidato a Presidente da República, Geraldo Alckmin [governador de São Paulo]. Ele quer fazer a filiação na sua cidade, Ponta Grossa”, anunciou Traiano, na presença do irmão do prefeito e presidente estadual do PSD, deputado federal Sandro Alex (PSD), e sendo aplaudido pelos presentes.

No último domingo, 12, Alckmin foi ovacionado como pré-candidato ao Palácio do Planalto por militantes e dirigentes tucanos durante a convenção paulista do PSDB, na Assembleia Legislativa de São Paulo (SP). “Nós precisamos de unidade. Mas eu pergunto: união e unidade para quê? Para mudar o Brasil. Essa tem de ser a nossa mensagem, a nossa proposta. Com todos os riscos e com muita coragem”, disse. Em seguida, afirmou que é a hora de o PSDB voltar às suas origens, ir ao encontro do povo, buscar a eficiência da gestão para reduzir as desigualdades e fazer o país voltar a crescer.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.