Por 4 votos a 1, os vereadores de São Francisco do Sul votaram a favor da moção de apoio ao empreendimento da WorldPort a ser instalado na praia do Forte, em São Francisco do Sul. A moção foi aprovada na sessão desta terça-feira, 12 de setembro, dois dias antes da audiência pública que apresentará o empreendimento para comunidade. Votaram a favor os vereadores Odair de Carvalho, Edson Duarte, Christopher Camargo e Álvaro Sibers.

Eles consideraram que a Worldport Desenvolvimento Portuário oferece ampla transparência à proposta de instalação do porto, previsto para a região do Sumidouro, entre a Praia do Forte e o Capri. Informam que todos os esclarecimentos foram prestados diretamente aos membros do Poder Legislativo de São Francisco do Sul, “com riqueza de detalhes, inclusive das renomadas consultorias contratadas para elaboração do projeto e dos estudos ambientais e de viabilidade”.

Durante a votação, os vereadores ponderaram ainda que existe uma conhecida e consagrada vocação portuária do município, com águas naturalmente abrigadas e propícias para navegação. Elogiaram a previsão de construção de uma de via coletora independente para movimentação rodoviária, sem a necessidade de congestionamento do tráfego local para a operação do futuro porto.

Os vereadores ainda esclareceram à população que existe um protocolo de intenções garantindo a utilização de, no mínimo, 50% da mão de obra de São Francisco do Sul no porto. A previsão é que quando estiver totalmente em operação sejam gerados 3 mil empregos diretos.

Na moção, a Câmara faz vigoroso apelo às autoridades competentes para que sejam aprovados os pedidos de licenciamento ambiental, eventual supressão vegetal e pedidos de construção e operação do empreendimento portuário em Defesa do Desenvolvimento Econômico e Sustentável de São Francisco do Sul.

“É uma honra receber essa moção da Câmara. E só nos traz mais responsabilidades para com a população de São Francisco do Sul. O Porto Brasil Sul está caminhando para gerar uma expansão sustentável da economia da região”, comenta Marcos Barbosa, diretor do Porto Brasil Sul.

Fonte