0 Shares 280 Views

Composição de São Paulo vence o Festival Pé Vermelho de Palmas

11 de setembro de 2017
280 Views

A música Mirabolante, do compositor de Recife (PE) radicado em São Paulo (SP), Raul Misturada, é a grande vencedora da categoria inédita do XXIII Festival Pé Vermelho da Canção de Palmas, no Sudoeste do Paraná. O evento, de 7 a 9 de setembro, levou muita emoção e qualidade musical ao palco do Centro de Cultura Dom Agostinho José Sartori. O encerramento contou ainda com as premiações dos vencedores das categorias de intérpretes do Infanto-Juvenil e Adulto.

A categoria nacional de composições inéditas foi o grande destaque do XXIII Festival Pé Vermelho da Canção, que distribuiu mais de R$ 40 mil em prêmios. A última noite do evento contou com a apresentação de sete músicas inéditas – na primeira noite (sexta-feira, 8), oito compositores defenderam suas obras no palco do Centro de Cultura.

“Queremos agradecer a vinda dos compositores de várias partes do Brasil e também a colaboração e participação de todos nestas três noites de festival”, disse o prefeito de Palmas, Dr. Kosmos Nicolaou.

A promoção recebeu a inscrição de mais de 80 obras de 15 diferentes estados do Brasil. As finalistas foram selecionadas pelo juri formado pelos especialistas Jean Emanuel Venâncio, Marcos Vinicius Schmidt, Gustavo Pereira Malfatti, Rodrigo Correa Santos e Luci Salete Bertolini Nazáro.

“Sem dúvida Palmas está de parabéns por realizar esta grande promoção. A organização e a receptividade dos moradores e participantes do evento foram incríveis”, disse o vencedor, Raul Misturada. Além de troféu, ele levou para casa a quantia de R$ 4 mil. Em segundo lugar ficou Keréto de Santo Antônio de Jesus (BA), com a música “Sabores e Saberes”. Ele recebeu troféu e R$ 3,5 mil pela conquista.

O terceiro lugar ficou com Claudio Chaves, de Ponta Grossa (PR), com a música “Luas, Estrelas e Canções”. Como prêmio ele recebeu troféu e R$ 3 mil. No quarto e quinto lugares ficaram Denny e Cintia Marques de Pinhais (PR) e Jana Figarella do Rio de Janeiro (RJ), com as obras “Viola” e “Mão”, respectivamente. Como prêmio receberam troféus e R$ 2,5 mil e R$ 2 mil.

AQUI para ver a galeria de fotos e o restante do artigo

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.