0 Shares 43 Views

Paraná vai zerar fila por cirurgia da catarata

11 de agosto de 2017
43 Views
Secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto,acompanha em Foz do Iguaçu,mutirão de catarata. Foz do Iguaçu,10/08/2017 Foto:Venilton Küchler

Foto:Venilton Küchler

O Mutirão Paranaense de Cirurgias está avançando para zerar a fila de espera por procedimentos de catarata em Foz do Iguaçu e toda a região. Com um aporte extra de recursos do Estado, já foram feitas mais de seis mil cirurgias desde o ano passado. O secretário de Saúde, Michele Caputo Neto, afirmou nesta quinta-feira, 10, que a previsão é acabar com a demanda reprimida do SUS ainda no primeiro semestre do ano que vem. “Estima-se que mais de 12 mil pessoas aguardavam por uma cirurgia de catarata na região quando o mutirão foi iniciado. Grande parte necessitava realizar o procedimento em ambos os olhos”, disse ele Caputo Neto.Segundo Caputo Neto, o mutirão surgiu da necessidade de apoiar os municípios no atendimento na área de especialidades, que é hoje um dos maiores gargalos da saúde pública. O projeto beneficia pacientes que têm a qualidade de vida comprometida por conta de problemas que muitas vezes não tem tratamento alternativo. “Sem a cirurgia, a catarata tende a se agravar cada vez mais, levando até à cegueira completa. Trata-se de uma doença que afeta mais os idosos, mas está sujeita a aparecer em qualquer faixa etária”, explica.

Ainda em Foz do Iguaçu, Caputo Neto também se reuniu com a 9ª Regional de Saúde para tratar sobre a ampliação do mutirão para atender também outras especialidades. A ideia é ofertar cirurgias nas áreas de varizes, urologia, vascular, otorrinolaringologia e cirurgia geral. Para isso, será feito um edital de chamamento público para selecionar os serviços de saúde que farão as cirurgias. A expectativa é que todo o processo seja formalizado no próximo mês, possibilitando a ampliação da oferta de procedimentos o mais breve possível.

Mais notícias para você:



Leave a Comment

Your email address will not be published.