foto 4O prêmio “Top Destinos Turístico”, promovido pela ADVB, e Skal São Paulo” com apoio da UVESP, vai impulsionar ainda mais o turismo paulista, admite Sebastião Misiara, presidente da UVESP, que elogia a iniciativa do presidente da ADVB, Latif.

“O turismo, incluindo o mercado de eventos, provoca altíssima circulação de recursos, gera empregos, cuja dimensão ainda não foi devidamente mensurada”, diz o presidente Latif Abrão Júnior, presidente da ADVB – que está há sessenta anos capacitando especialistas no setor. 

O Top Destinos Turísticos é uma premiação, através de votação pela internet e seleção final de um comitê de notáveis, que elegerá as melhores cidades como destinos turísticos em até 13 categorias. “Nesta primeira edição somente as cidades do Estado de São Paulo participam”, diz o presidente da Uvesp, Sebastião Misiara.

“Fomentar o turismo sempre será um meio eficaz de aumentar a mão de obra. Tanto que o governador Geraldo Alckmin sancionou o inédito projeto “Municípios de Interesse Turístico”, com até 140 cidades escolhidas”, lembrou Latif Abrão Júnior . “Estamos seguindo os passos do Governador Paulista, cuja visão para criar, inovar e fomentar o desenvolvimento é forte”, disse.

Na opinião de Aristides Cury, presidente da Skal São Paulo, gerar atividade turística é melhorar a qualidade de vida das pessoas. “Mais do que simplesmente incrementar a economia ou fazer circular dinheiro, o turismo é desenvolvimento, educação, cultura e conhecimento”, afirma Cury.

O turismo no Estado de São Paulo movimenta até 56 setores da economia, gera um milhão de empregos diretos e dois milhões indiretos, sem contar que é o único Estado da Federação com políticas públicas voltadas à atividade turística. “Isso porque o governo paulista acredita no turismo como mola propulsora do desenvolvimento social e econômico”, afirma o presidente Sebastião Misiara.

Latif Abrão Júnior reconhece que é importante as instituições públicas ou privadas se juntarem à essa iniciativa do governador Geraldo Alckmin. “Por isso a ADVB quis criar um premio democrático, independente, para mostrar que nossos municípios podem ser um ponto de referência para o turista doméstico”, reconhece Latif.

Como o turismo é transversal , todos os setores devem ser beneficiados, admitem os especialistas na área. Para os gestores municipais é importante saber que as cidades devem oferecer infraestrutura básica para atender o visitante como transporte, saúde, serviço médico de emergência e, principalmente, meios de hospedagem e bons restaurantes. “Com isso implantado, graças à nova lei criada, é a qualidade de vida melhorada”, diz Latif.

Para conhecer melhor o Top Destinos Turísticos,  acesse: www.votetop.com.br e participe da inédita promoção da ADVB.

Fonte: UVESP – União dos Vereadores de São Paulo