Ademar-Traiano (2)A Assembleia Legislativa do Paraná iniciou o processo de modernização do sistema de votações utilizado em Plenário. O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), afirmou que a implantação do novo sistema vai importar em menor custo administrativo e na transparência total dos processos legislativos.

“Nós não podemos mais, no momento em que o mundo vive uma era digitalizada, manter aqui na Casa esse procedimento burocrático que acaba criando também dificuldades nos trâmites das proposições legislativas. Nosso desejo é informatizar totalmente a Assembleia Legislativa para que todos tenham amplo e rápido acesso às informações. Isso vai representar uma economia de papel, celeridade nas ações e a divulgação em tempo real de todos os procedimentos. No momento em que você informatiza a Casa, abrem-se as portas para a transparência total”.

O primeiro passo desse processo é a substituição do atual painel eletrônico por uma tela multimídia que irá concentrar em um único dispositivo diferentes funcionalidades essenciais para a rotina das sessões plenárias. “Esse novo painel é totalmente modular. Você pode otimizá-lo da maneira que precisar. Será possível, em um campo, apresentar o sistema de votação; em outro, os deputados presentes; e também incluir o que está sendo transmitido ao vivo pela TV Assembleia”, explicou o diretor-geral da Casa, Roberto Costa Curta.

Outra funcionalidade será a projeção diretamente no painel de diferentes mídias, como vídeos e slides. Hoje, quando há necessidade de apresentar esse tipo de material, uma tela é montada na lateral do Plenário, o que nem sempre permite a visualização adequada do material projetado. O procedimento para substituição do painel deve demorar cerca de três semanas. Enquanto isso, o painel atual será adaptado e continuará funcionando, para que o trabalho técnico não interfira nos trabalhos legislativos em Plenário.

A segunda etapa do processo de modernização será a substituição dos terminais de votação e registro de presença utilizados pelos deputados. Os novos equipamentos possibilitarão o registro de presença e do voto por meio da biometria. Também será possível acesso ao banco de dados do Legislativo. “Será um sistema totalmente integrado. O deputado terá acesso a tudo, desde os projetos na íntegra, com pareceres e anexos, Constituição Estadual, Regimento Interno. Documentos importantes para a rotina diária em Plenário”, destacou o diretor-geral.

Todo o processo de modernização foi planejado considerando os sistemas já em funcionamento na Casa e a necessidade de implantação de novas funcionalidades, aumentando a vida útil da tecnologia. “No futuro nosso desejo é de que o parlamentar e todo cidadão no interior do Paraná ou em qualquer lugar do País possa acessar pelo celular tudo aquilo que está acontecendo na Assembleia do Paraná”, destacou Traiano.